As coisas só vão entender

Minha experiência com o racismo estrutural

2020.11.24 23:22 howothercommunity_ Minha experiência com o racismo estrutural

Eu sou negro. Meus pais sempre fizeram questão que eu estudasse nas melhores escolas. Por causa disso, eu sempre fui um dos únicos negros das escolas onde estudei.

Eu sempre escutei dos meus colegas que eu era feio. Vou contar alguns episódios para ilustrar:


Mais tarde na minha vida, quando passei a frequentar meios sociais fora da escola e com menor presença da classe A, eu descobri que não era feio, que na verdade eu tinha uma aparência completamente normal, que era tão atraente e capaz de me relacionar quanto qualquer outro ser humano comum. Mas naquela época, eu nunca fui capaz de perceber que eu sempre ocupava a posição mais baixa na hierarquia social da escola simplesmente porque eu era negro.

Eu vejo isso como a minha primeira experiência com o racismo estrutural. O racismo estrutural acontece quando você, negro, tenta ocupar um espaço onde a sua presença não é permitida. A estrutura da sociedade não permite que você ocupe aquele espaço.

Caso você insista em ocupar o espaço, você vai ser hostilizado de várias maneiras, sem nunca entender exatamente o por quê. As pessoas vão alegar tudo, menos racismo: você não tem boa aparência, você não é competente, "encontramos outros candidatos mais qualificados", e por aí vai.

Não me entendam mal: negros são seres humanos, e podem ter todos os defeitos humanos. Porém, o racismo estrutural vai impedir a passagem de um negro mesmo que ele não possua nenhum desses defeitos.

Isso se faz presente principalmente nos espaços da sociedade onde os brancos são a imensa maioria. É o colégio particular de elite. É o programa de trainee do bancão na Faria Lima. São as posições "C-level" no Nubank. É a loja em área nobre onde o atendente negro não pode trabalhar por causa dos "clientes de alto nível".

Isso também se faz presente nos espaços onde os brancos por algum motivo são obrigados a compartilhar o mesmo espaço que os negros. Em supermercados como o Carrefour, como não é possível existir a barreira física, as empresas abrem mão de todos os escrúpulos éticos e morais para erguer barreiras artificiais.

O racismo estrutural só vai acabar quando a sociedade se mostrar incomodada com a falta de representatividade. Políticas afirmativas são necessárias sim. Ter negros em posições de liderança é necessário sim. Podemos discutir os detalhes da implementação dessas políticas, mas jamais ignorar a necessidade dessas políticas baseados em um discurso falsamente meritocrático de que "não existe racismo no Brasil". Estamos no século 21, e isso não é mais uma opção.
submitted by howothercommunity_ to brasil [link] [comments]


2020.11.24 18:17 BlindEyeBill724 Sobre o Argumento Kalam

Bom dia a todos,
Freidenker postou uma tentativa de refutação ao argumento Kalam recentemente em https://www.reddit.com/ateismo_bcomments/jzuu2p/uma_refuta%C3%A7%C3%A3o_ao_argumento_ontol%C3%B3gico_kalam/, achei interessante comentar, não para iniciar uma discussão ou para ser impertinente, mas para esclarecer alguns pontos no pouco que consiga, de fato, um teísta não tem que, necessariamente, concordar com o argumento, em certo sentido concordo com Freidenker, então a postura é a mais amigável possível, mais ainda, devo dizer que o achei muito respeitoso, ainda mais dizendo que o que está fazendo é uma "tentativa", ele não trata o argumento como lixo, ainda que discorde, procede com cuidado, e demonstrando respeito o merece em dobro.

Sobre o Argumento Kalam

De fato, o argumento é realmente muito utilizado, me parece que sem conhecimento por parte dos teístas, como meus amigos sabem não acredito que argumentos filosóficos puros como o Kalam, mesmo se estivessem certos, podem ser usado na apologética (na defesa das religiões) com ateus¹, sem antes se faça uma análise das diferenças entre as cosmovisões clássica e a moderna. Parece-me que partem da premissa, o argumento é religioso, sou religioso, logo, devo defender o argumento. Isso é simplesmente falso, e assim que possível pretendo comentar outro argumento que eu acho não só fraco, mas simplesmente errado, falo da teoria do design inteligente (spoiler de um plot twist, a razão qual ela está errada é porque ela parte de pressupostos modernos, então também não é lá motivo de grande alegria por parte de meus amigos ateus) .
Pois bem, a exposição de Freidenker é exata:
Então, as premissas do argumento são a seguinte:
Premissa 1: Tudo que começou a existir tem uma causa
Premissa 2: O universo começou a existir
Conclusão: O universo tem uma causa
A primeira afirmação de Freidenker é, sem tirar nem por, o que eu acabei de dizer antes de ver seu post, comentei:
"Deus enquanto princípio, ninguém afirma que o Deus revelado do Cristianismo pode ser apreendido pela razão somente, isso é muito importante de ser distinguido, se a razão conseguisse apreende-lo perfeitamente e logicamente a Encarnação seria desnecessária, um religioso que tenta provar por lógica o Deus bíblico está simplesmente confuso."
Quanto a isso nem se pode dizer outra coisa. O mais é um erro, uma dificuldade em se distinguir as esferas da razão natural e da Revelação, um logicismo ou teologismo exacerbado no sentido em que diz Étienne Gilson².
Freidenker continua realizando sua crítica que não posso deixar de notar é a de um verdadeiro tomista! Não estou exagerando, podemos ler num artigo que pretendo logo traduzir do Prof.Edward Feser, um ponto muito semelhante, a mesma ressalva quanto ao uso de dados científicos (em http://edwardfeser.blogspot.com/2016/09/a-difficulty-for-craigs-kalam_2.html)
“Another reservation I have is that the argument, at least as Craig presents it, in my view puts way too much emphasis on results in modern scientific cosmology. As I have argued many times, the chief arguments for God’s existence rest not on empirical science but rather on deeper principles of metaphysics and philosophy of nature which cannot be overturned by – and indeed must be presupposed by – any possible empirical science. Heavy emphasis on current physical theory thus threatens to muddy the waters and to give the false impression that cosmological arguments stand or fall with what the physicists happen to be saying this week. (I have, of course, criticized contemporary design arguments on similar grounds.)”
"Outra reserva que eu tenho contra o argumento, ao menos da forma que Craig o apresenta, é que ele coloca muita ênfase nos resultados da cosmologia científica. Como eu argumentei muitas vezes, os principais argumentos quanto a existência de Deus não se fundamentam na ciência empírica mas em princípios mais profundos da metafísica e filosofia da natureza quais não podem ser suplantados- e realmente são pressupostos – de toda ciência empírica. Uma grande ênfase na teoria física corrente ameaça turvar as águas e dar uma falsa impressão de que os argumentos cosmológicos são verdadeiros ou falsos de acordo com o que a física nos disse na última semana. (Eu, é claro, critiquei os argumentos de design inteligente nas mesmas linhas).”
Quanto à continuação de Freidenker, ele toca num ponto muito interessante, eu nunca analisei as implicações filosóficas da lei da termodinâmica, o que eu acho fascinante, mas por hora posso pontuar somente o seguinte, a questão da eternidade ou não do mundo não tem uma relação direta com a existência de Deus, por exemplo, "o universo é eterno logo Deus não existe", como eu não sou versado nesse ponto, irei fazer minha as palavras do Prof.Feser,, seguindo as seguintes linhas de afirmações quais retirei de https://theosophical.wordpress.com/2012/06/11/is-postulating-an-eternal-god-explanatorily-equivalent-to-positing-an-eternal-universe/), irei omitir o texto inglês para não ficar tudo muito longo:
“Muitos ateus asseveram que um universo eterno é uma explanação equivalente a de um Deus Eterno. Por exemplo, Sagan uma vez perguntou, “Se nós dizemos que Deus sempre foi, por que não dar um passo e concluir que o universo sempre foi?”,. E recentemente dois proeminentes ateístas fizeram a mesma afirmação. Em seu novo livro, “O universo do nada”, Lawrence Krauss escreve, “A declaração da primeira causa deixa aberta a ques~tao, quem criou o Criador?” Afinal, qual é a diferença entre argumentar a favor de um criador eternamente existente versus um universo eternamente existente sem um” Victor Stenger concorda com Krauss:
“Krauss também descreve como a cosmologia agora sugere fortemente que um “multiverso” existe qual nosso universo é somente um membro. Mas o problema real não é de onde nosso universo particular veio mas de onde o multiverso veio. Essa questão tem uma resposta simples: o multiverso é eterno. Porque ele sempre foi ele não precisa ter vindo de algo.
E trazendo Deus para dentro da questão, alguém poderia perguntar: “Por que há um Deus ao invés do nada?” Uma vez que os teólogos asseveram que existe um Deus (oposto ao nada), eles não podem virar para um cosmologista e perguntar por que existe um universo (oposto ao nada). Eles afirmam que Deus é uma entidade necessária. Mas então, por que um universo sem Deus não pode ser uma entidade necessária?”
Eis o que diz Feser:
[~"No geral, a teologia filosófica clássica argumenta pela existe de uma causa primeiro do mundo- uma causa que não meramente se sucedeu não ter ela mesma uma causa (ao contrário de tudo mais que exista) mas uma que em princípio não precisa de um. Nada mais poderia oferecer uma explicação última do mundo.
As coisas do mundo podem mudar somente se existir algo que as mova ou atualiza tudo o mais sem a necessidade (e com efeito, sem mesmo a possibilidade) de ser ela mesma atualizada, precisamente por ela ser "pura atualidade". A mudança exige ultimamente um movedor imóvel e um "mudador" imutável. Tudo que é feito de partes só pode ser explicado pela referência à algo que combina as partes. Assim, a explicação última das coisas tem de ser simples e portanto sem a necessidade ou mesmo a possibilidade de ser "montado" para ser por outra coisa... Para Leibniz, a existência de qualquer coisa que é de algum modo contingente só pode ter sua origem em um ser absolutamente necessário.
Mas Krass simplesmente não consegue ver a diferença entre argumentar em favor de um criador eternamente existente versos um universo eternamente existente sem um. A diferença é que o universo muda enquanto o motor imóvel não, ou, como os neoplatônicos podem dizem, porque o universo é feito de partes enquanto o fundamento é absolutamente um, ou, como diz Leibniz, que o universo contingente enquanto Deus é absolutamente necessário.
Portanto, há uma razão de princípio porque Deus e não o universo deva ser considerado o término da explicação.
Alguém pode sensivelmente arguir que a existência de tal Deus não foi estabelecida. Eu penso que sim, mas isso é um tópico para outro dia. Entretanto, ninguém pode sensivelmente disputar que um imóvel, simples e necessário Deus do teísmo clássico, se ele existe, se diferenciaria de um mutável, composto, contingente universo que não requer para si nenhuma explicação."~]
É um problema de, dada a complexidade da análise de sua existência, negar de antemão qualquer essência e inteligibilidade ao conceito, o que torna todo o debate um simples diálogo entre gregos e baianos. Isso se manifesta em outros pontos, por exemplo:
-Conforme comentei numa conversa com Necro:
“Por exemplo, um exercício filosófico que sempre proponho é a reflexão sobre o significado da palavra existir na pergunta "Deus existe?", não podemos cometer um erro categorial, como dizia Husserl, não existe uma geometria dos leões nem uma embriologia dos quadrados, uma forma de existência meramente material é uma categoria contraditória com as próprias definições de Deus, se ele existir, por definição, não pode ser meramente material, pela sua definição mesma. A reflexão sobre o sentido que a existência tem de ter para que a pergunta faça sequer algum sentido levará à questões extremamente férteis, senão se tem uma dificuldade na formulação mesma da pergunta. Ironicamente, a afirmação "Deus não existe" é teologicamente correta, no sentido que a existência de Deus realmente não pode coincidir, realmente, com a forma de existência de todas as outras coisas, justamente por ser Princípio, etc.”
Analisar o sentido que a palavra "existir" tem que ter para que a pergunta "Deus existe?" faça sentido não é uma análise direta da existência de Deus, mas de sua essência. A análise da essência é o que é pressuposta para que as duas pessoas estejam falando da mesma coisa, a maioria dos ateus, partindo do pressuposto de que Deus não existe, sequer "perdem tempo" analisando sua essência, ainda que a análise da essência seja fundamental para a análise da existência. Acredito que a fenomenologia concordaria que, de certa forma, todos os conteúdos existentes na consciência são essências. A essência precede a existência na análise intelectual, um unicórnio tem uma "essência" ainda que não tenha "existência", nós sabemos que um unicórnio não existe não por uma análise de sua existência (pois isso implicaria o conhecimento real de todos os animais possíveis em todos os planetas possíveis em todos os tempos existentes), mas pela própria análise da essência nós sabemos que tiramos ele de nossa imaginação e que, portanto, é inexistente. Podemos dizer, no espírito da filosofia clássica, que a sensibilidade parte da existência para a essência, enquanto o intelecto puro da essência para a existência. Posso estar me prolongando demais nesse ponto, mas eu acho interessante porque nunca havia visto isso de forma tão clara para mim mesmo, se não conseguíssemos passar do existente à àquilo que lhe dá inteligibilidade, sua estrutura noética, não conseguiríamos entender o mundo, não conseguiríamos passar do fato de constatação da existência, da mais simples possível, não conseguiríamos superar o simples reconhecimento tácito, notemos, qualquer ser vivo possui algum grau desse reconhecimento tácito da consciência, possuindo uma relação ecológica com seu meio. Certo. Porém, se o humano não conseguisse passar da essência para a existência a inteligência se tornaria impossível igualmente, pois jamais poderíamos criar hipóteses propriamente, não teríamos o que testar e, novamente, a própria ciência, no sentido que se queira dar, se tornaria impossível, não conseguiríamos fazer nada com as essências abstraídas do reconhecimento tácito da existência.
Pois bem, outro ponto que me parece possível de se ponderar e que se relaciona com essa ausência de distinções quanto as essências, expressei da seguinte forma [e se refere às analogias que se fazem quanto a Deus e as criaturas míticas];
"1.2- Faço essa crítica das representações porque me parece um pouco de retórica tirar sarro das expressões religiosas, o que não me parece muito produtivo (é claro, os religiosos cometem os mesmos equívocos muitas vezes, não to aqui para dizer quem é concretamente o melhor), por exemplo, falar “e fosse Plutão, Hades e fossem os 12 deuses gregos”, acaba caindo numa confusão que eu penso ter esclarecido um pouco no parágrafo anterior, mas pelo menos é algo mais próximo da verdade, e isso um cristão pode facilmente admitir. Outro equívoco um pouco maior de representação é confundir a ideia de “Deus”, “deuses” com seres imaginários como unicórnios e dragões, ainda que exista algo de analogia sempre possível, pensar em “Deus”, “deuses” como categorias puramente imaginárias é um tanto confuso, a imaginação pura não tem nada a ver com toda essa discussão acerca do Princípio, do simbolismo, etc, nossa consciência tem uma certa “intencionalidade” [a discussão sobre intencionalidade é esclarecida pelo que falei a respeito da essência x existência], o que uma pessoa intenciona ao falar dos deuses não tem nada a ver com a intenção subjacente à uma pessoa que cria imagens arbitrárias em sua mente, claro, nenhum dos dois tem meios de prova empírica de acordo com o método científico, e por tomarem ambos nesse aspecto que partem do pressuposto que são iguais, mas isso é um pressuposto que na cosmovisão clássica soaria muito frágil."
"Como tudo começa a existir tem uma causa, se nada realmente começa a existir?" A formulação de Freidenker leva a outro ponto, a um fisicalismo eliminitivista, a realidade mesma seria a matéria, o mais seria uma espécie de ilusão dos sentidos e da consciência, num menage à trois entre o leitor, Parmênides e La Mettrie, tudo isso é muito interessante e peço desculpas porque me entreguei à escrita literária, o intuito não é ofender. Esse é um tema complexo que pretendo abordar posteriormente, mas acredito que no contexto dessa conversa já está claro que a coisa não é tão simples.
"Como podemos perguntar o que veio antes do tempo?" O tempo por si só é um assunto para outra hora (desculpas de novo). Mas devo dizer que o sentido que a eternidade tem quando aplicamos ao Princípio se diferencia da forma como nós o pensamos na perspectiva antropológica, veja, que algo tenha se desenrolado no tempo desde sempre e que vai durar para sempre não quer dizer a eternidade conforme compreendida na filosofia, ter sido sempre e ser para sempre dessa forma é um misto de "inascituridade" e "imortalidade", esse ser, que para não agredir tanto a língua portuguesa com inascituridade, ou seja, que não é nascituro, vou reduzir para "imortal" não é a mesma coisa que ser eterno, ser eterno, como estava explicando para meu amigo é como ser um ponto no meio de um círculo, ponto cujos raios vão, ao mesmo tempo, para todas as coisas, ele é Princípio, está no Princípio não no sentido de início do tempo (a modernidade que começou com essa ideia de que Deus pode ter criado tudo no começo e depois ido descansar). Como diz Boécio, Aeternitas igitur est interminabilis uitae tota simul et perfecta possessio, a "a posse total, simultânea e perfeita de uma vida interminável” , o destaque vai para a palavra simultânea, ademais, na metafísica clássica trabalhavam com diferentes formas de tempo, não só a que consideramos o temporal, mas a eternidade, e a eviternidade, não são só diferença quantitativas mas qualitativas.
"O júri ainda não se pronunciou se é correto dizer que o universo começou a existir", e é interessante notar que a questão está aberta mesmo para São Tomás de Aquino, que não contava com o método científico (não que o método científico tenha a voz última, é claro). Freidenker se aproxima de uma concepção singularista de causa (o debate, é claro, deveria passar sobre uma análise profunda sobre o conceito de causa) mas o que me chama a atenção é o pressuposto implícito de que a prova, necessariamente, tem de ser empírica ou mais precisamente de acordo com a concepção de experimento que a ciência usa, não critico a ciência, é claro, mas pontuo que esse é um pressuposto tipicamente moderno e que a análise da teoria do conhecimento clássica-medieval é fundamental para se entender porque os apologistas parecem tão insistentes, espero que eu não seja burro, já que sei que não sou mal intencionado. O special pleading se insere perfeitamente na forma qual o debate acontece hoje, tudo parece se reduzir à tentar desmascarar a falácia adversária, nomeá-la e vencer a batalha por W.O (Walkover), o argumento lógico é uma cereja raríssima de um bolo extraordinário, o duro da massa e o recheio é a dialética, chegar para vocês e dizer que estavam fazendo um petitio principii aqui e ali não ajudaria muito, ainda que eu devo concordar com o Necro que alguns "argumentos" religiosos bem merecem a navalha de Hitchens. O special pleading acontece porque não levamos em consideração a profunda diferença entre o weltanschauung (cosmovisão) clássico religioso e o moderno. Não adianta eu dizer que a matéria escura comete um special pleading, se faz parte de sua essência ser como é não posso dizer que sua existência é impossível, se possui inteligibilidade, o mesmo se aplica à Deus, o problema é que Deus, realmente, é o special pleading dos special pleading, não porque seja falacioso, porque ele é realmente, por definição, algo único, não só ontologicamente mas logicamente (as palavras que usamos para com ele, se consideramos sua essência, só podem ter um sentido diverso, o porquê disso só é alcançado se entendemos as grandes diferenças que separam o mundo moderno do pensamento antigo). Não acredito que toda a filosofia antiga que chegou com Aristóteles no Motor Imóvel, com Platão no Bem e com Plotino no Uno, é somente uma sequência de argumentos ad hoc para provar algo irracional, eles que inventaram o que chamamos de filosofia, o a priori de Deus não surgiu do a posteriori dos filodoxos.
Pois bem, espero ter acrescido algo, desculpe a extensão e o uso das palavras de Freidenker (e principalmente ao próprio), é útil tratar de questões concretas, me referindo à algo que está sendo efetivamente pensado, igualmente escrevo para esclarecer também a mim mesmo.
Um abraço para todos!
_____________________________________________________
¹Meu posicionamento pode ser encontrado em -> https://www.reddit.com/ApologeticaCrista/comments/jx3m63/uma_breve_introdu%C3%A7%C3%A3o_pessoal_%C3%A0_apolog%C3%A9tica_crist%C3%A3/
² Gilson encontra no teologismo a usurpação do papel da razão em detrimento da teologia, e no logicismo a tendência da lógica a suplantar a metafísica, como diz o Prof.Oleniski, qual admiro e cujo blog recomendo, "Seja o "Logicismo" de Abelardo, o "Teologismo" de Ockham, o "Matematismo" de Descartes, o "Fisicismo" de Kant ou o "Sociologismo" de Comte, todos esses "ismos" apresentam uma e a mesma estrutura, a submissão da filosofia, respectivamente, à Lógica, à Teologia, à Matemática, à Física e à Sociologia.", em http://oleniski.blogspot.com/2012/06/etienne-gilson-metafisica-conhecimento.html. Gilson também vê no catolicismo três famílias de autores, a família de Tertuliano, que se opõe a razão, e cujo exemplo próximo de nós pode ser encontrado no irracionalismo neopentecostal, a família de Agostinho, qual podemos aproximar daqueles que, tentando usar da lógica ainda partem de um pressuposto bem intencionado da fé, e a família tomista, que distingue a razão e a fé.
submitted by BlindEyeBill724 to ApologeticaCrista [link] [comments]


2020.11.24 06:04 BackFroooom Sair do armário pra sua família não é SEMPRE uma boa ideia !

Tenho uma reclamação, para aqueles da comunidade lgbt vão entender o que eu digo, mas para os heteros eu explico: Na comunidade como um todo, principalmente em canais onlines(YouTube e etc..) de lésbicas(Que é o que eu sou no caso) existe um grande suporte para que as pessoas "saiam do armário", "Se liberte" e bla bla bla, e eu acho isso PÉSSIMO! Explico:
Ano passado estava eu, vivendo um intercâmbio, longe de tudo que eu conhecia eis que pensei "Vou sair do armário", contei via Whatsapp pra minha mãe, a mulher fofocou pra geral, meu pai não tive coragem, quando voltei pro Brasil a realidade me bateu a porta, FOI UMA PÉSSIMA IDEIA!
Primeiro briguei com meu pai e a mulher dele(minha madrasta), o homem paga minha faculdade, imagina se a mulher dele(crente) não faria a cabeça dele contra mim? Imagina se rolasse um "N vou te ajudar financeiramente mais, sua sapatona?".
E depois, já faz UM ANO, UM ANO INTEIRO que aguento por parte da minha família materna (Que minha mãe fofocou) comentários aqui e alí, desde a filha lésbica de uma amiga que se curou indo no psicológico, a termos homofobicos, comentários que vou terminar sozinha e solitária(?).
Esse ano de quarentena está sendo UM INFERNO, perdi meu estágio e percebi, algo óbvio na verdade, no Brasil é muito difícil conseguir sair da casa dos seus pais cedo, se vc é lgbt NÃO CONTE ATÉ QUE POSSA SE SUSTENTAR! Pq aguentar humilhações diárias é foda!
É isso! Quero amaldiçoar todo mundo que me disse que ficar no armário é "falta de coragem". Porra, eu posso muito bem viver minha vida e sair com garotas sem contar pra minha família, os encontros são comigo não com eles. Eu me arrependo todo dia! TODO DIA! Se eu soubesse o que eu sei hoje, só contaria qnd estivesse no meu apê e estabilizada financeiramente!
Edit: Só explicando, galera minha família é uma família normal, são católicos, alguns espiritas, não são fanáticos e nem mesmo vão para a igreja (A única crente é a madrastra ), eu não saí do armário em um ambiente extremo, eu saí do armário em um ambiente normal "classe média br".
Não é que eu acordo de manhã e alguém me diz "Bom dia sua sapatona desgraçada" não kkk, são pequenas coisas aqui e alí, por parte de um grupo específico que não inclui , por exemplo, meus primos da minha idade que são de boas.
submitted by BackFroooom to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 19:01 bulletVictor Meu TCC e minha vida esta me enlouquecendo. Pode texto grande aqui?

Então, acabei de criar essa conta aqui só pra poder vir desabafar aqui de boas. E seguinte, sabe quando você costuma sempre fazer as coisas de boas pra faculdade, e mesmo que de aquelas crises no final até que da tudo certo. Eu infelizmente sinto que essa vez vai ser diferente.
Eu curso Ciência da Computação, e sinto que eu não consegui fazer um bom proveito pois eu n sabia quase nada no começo, e quando vi que a facul não ia me dar todo aquele preparo e sim mais teoria eu comecei a ir atrás de me profissionalizar, do jeito autonomo msm. Tava doido pra pegar um emprego de programação, e finalmente senti que eu sabia o que tava fazendo, rava entendendo as matérias tudo de boa, criando aplicações basicas pra colocar online. E assumi um projeto semestral da faculdade, com mais duas pessoas, e acabou que as duas oitras pessoas n sabiam nada de código praticamente, e tudo bem. Eu me virei, mas eu tenho um histórico ruim ja com uma dessas pessoas. (Vou chamar ele de Fulano). Eu ja estava fazendo trabalhos de artigo a um bom tempo com o Fulano, e sempre era uma experiência horrível e eu não tinha com quem dazer no lugar, pq só sobrou eu e ele da minha turma, e uma dessas vezes o cara me fez muito mal mano. Tipo, eu vacilei feio no trabalho, n sabia programar tanto na época e assumi mais do que eu aguentava, acabou que eu n pedi ajuda (erro meu eu sei, e infelizmente se repetiu e vcs vão ver isso), e no ultimo momento eu fui adicionar uma coisa na apresentação. Ai deu uma discussão no grupo, e eu entendi que eu trollei msm, e foi muito estranho pq antigamente era sempre eu que fazia e os outros que davam mancada, ai eu fiquei me sentindo super mal. Mas a coisa piorou quando eu fui pra sala e ele falou um monte pra mim, tipo, eu ja tinha entendido que eu caguei as coisas e ja tava mal com isso, mas o fulano veio falar um monte de coisa e eu acabei absorvendo isso. Ele veio me falar que eu não tinha carater, e que não tinha palavra, e mano, foi tipo um espinho entrando na minha mente que não saiu até hoje, eu senti que era verdade na hora sabe, foi foda.
Ai estou eu com esses dois no semestre passado, um some (fulano2) e não ajuda e o fulano (o da historia do "sem carater") n sabe nada de código e so manja de word, eu consegui fazer o aplicativo de boas, apresentamos e ganhamos uma nota boa, foi ai que eu falei "Po, eu consigo fazer se eu quiser, e de boa" ai eu comecei a aplicar pra um monte de vaga, e sempre que chega na hora de olhar meu código os caras não mandam nem um feedback da vaga, e é sempre na parte técnica. O que fez ver que eu n estou bkm como eu achei que eu tava. N consigo colocar o app em produção, n manjo de fazer teste, na real o app só funciona em desenvolvimento, ai eu n consegui vaga nenhuma e bateu esse semestre atual. Onde eu n tava mais confiante pra assumir projeto, mas tive que assumir pq os outros dois n sabem programar e a gente ta continuando o projeto do semestre passado. Só que dessa vez eu passei um mês só mexendo em uma parte pq tava muito tenso pra mim, quando o Fulano2 foi me ajudar e no fim das contas na judou em nada, pq ele só da sugestão do que fazer quando ta sem problema no código, na hora do problema é so uma cabeça pensando, ai n vai a lugar nenhum, e eu tenho que ficar explicando toda a lógica pra ele o tempo todo o que deixa bem lento de mexer. Ai eu vacilei dnv e não pedi mais ajuda, fiquei fazendo sozinho de novo tentando fazer o visual funcionar em celular, fazendo o negócio disparar e-mail, e agora o texto já e pra amanhã e falta imagens da nova versão do aplicativo pra colocar no word, e essas imagens nem existem pq eu terminei o disparo de emails agora. Eu dei uma desaparecida tbm, a duas semanas atrás do grupo do TCC e não falei mais nada. E agora to perdido no que fazer, eu sei que eu tinha que falar que n tem as telas mas eu n quero ir ouvir bosta de novo, pq e a mesma situação de antes só que pior pq e o TCC agora. Esse semestre eu praticamente desisti da facul, n tenho dinheiro pra pagar as dps se eu pegar, e n to conseguindo emprego. E assim, infelizmente eu sei que a culpa de todas essas bostas ai é minha, e eu me ferro mais ainda pq eu viro e falo que vou melhorar e arrumar e no fim das contas eu só pioro, procrastino e depois vejo o estrago. E ai bate uma indignação comigo mesmo pq eu n resolvo meus BOs.
Então assim, eu só queria falar essas coisas mesmo pra devorar menos a minha mente e tentar distrair um pouco pq eu to surtando agora. Eu n sei se podia texto grande, ou se ta dando pra entender tudo, mas e isso. Valeu pelo espaço nesse sub de poder desabafar assim.
submitted by bulletVictor to desabafos [link] [comments]


2020.11.21 19:31 SpaceshipFive Sobre contar para os amigo e eles não acreditarem em você...

Um mês atrás - mais ou menos - aqui nesse sub eu falei um pouco sobre como a bissexualidade pode ser confusa. Estou trabalhando cada vez mais no meu autoconhecimento e também autoconfiança. Nas duas últimas semanas encontrei com um grupo de amigos - depois de mais de 8 meses sem se ver e acabei falando como ao longo dessa quarentena me descobri bissexual.
Teve um silêncio constrangedor, uma pausa longa, meus 4 amigos trocaram olhares e eu pude perceber na hora que eles não acreditavam em mim. Automaticamente me senti a pessoa mais estúpida por ter falado isso em voz alta, é claro que para eles é algo estranho, eu sempre fui o estereótipo de garota heteronormativa, só namorei caras, nunca demonstrei interesse em garotas, além de todo um lance com a questão da aparência (no sentido de que eu "não pareço ser uma pessoa LGBT").
É muito ruim perceber que a primeira reação de pessoas que são próximas de você é duvidar de quem você é, mas ao mesmo tempo em que me senti mal por ter falado publicamente que sou bissexual, eu me senti tão bem (?). Passei anos sem me entender, sentindo coisas que eu não sabia definir, agora compreendo que gosto de ambos o sexos, então, danem-se os outros, desde que eu esteja bem comigo mesma.
Claro que o primeiro comentário foi "mas você já transou com uma garota?" e, sinceramente, transar com alguém do mesmo sexo é a coisa que menos importa. Ninguém questiona um cara hétero e virgem sobre a orientação sexual dele, mas basta você dizer que é LGBTQIA+ e as pessoas vão jogar essa pergunta na sua cara.
A ironia: esses meus amigos também fazem parte da comunidade LGBTQIA+... Não vou negar que esperava um pouco de compreensão da parte deles, mas agora que entendi que isso não vai rolar, não vou criar expectativas quanto a isso. Apesar deles terem ficado meio esquisitos com a notícia tenho pessoas que me apoiam, decidi não tocar mais no assunto com eles por que não preciso ficar me reafirmando pra ninguém ;)
É isso. Stay awesome Gotham.
submitted by SpaceshipFive to arco_iris [link] [comments]


2020.11.19 22:04 vozdetrombone Conheço as entranhas do Flamengo e tenho más notícias para os rubro negros

Oi pessoal, criei essa throwaway para tentar expelir um pouco da merda que ando vendo já que o Twitter anda tóxico demais, farei o máximo para não me identificar aqui e no melhor cenário possível informar a galera para eu ver se conseguimos evitar que o clube seja o próximo Cruzeiro, na pior das hipóteses to criando uma nova copypasta para você usarem por aí. Lá vem texto imenso.
Sou rubro negro demais, e é simplesmente por isso que não me contento com o tanto de merda que tá acontecendo nos bastidores do clube, inclusive comecei nessa de "whistleblower" dando algumas confirmações para certos jornalistas sobre o tanto de incompetência que rola. Não trabalho lá mas sei diretamente o que acontece no dia a dia do Ninho por estar associado a uma área complementar do futebol, acabo convivendo mais com grupinhos da Gávea, que (não é novidade) tá fervendo 100x mais que o Ninho.
Primeiro eu queria dizer que essas informações que saíram hoje de tarde são apenas a ponta do iceberg (matéria do Diogo Dantas, vídeo do Venê, matéria de esporte olímpico etc.), eu sei que parece roteiro de filme de Hollywood mas o Marcos Braz (chapa A) tá completamente pirado na soberba, essa eleição dele é só uma consequência disso, em 2019 com a vinda do JJ ele basicamente comprou uma briga faraônica com a chapa B que tem VÁRIOS membros influentes na direção, e não só ele humilhou completamente os contrários mas inclusive ganhou respeito com todos lá dentro, em 2020 basicamente deram carta branca para ele fazer o que quiser sem nenhum freio, tudo para acomodar os caprichos do JJ e tentar fazer ele permanecer, acontece que o Portuga já não tinha planos de continuar no Brasil após o fim do contrato, ele sempre quis retornar à Portugal, ele é super apegado com os amigos/família, nem a comissão dos portugueses acreditavam naquele papo dele que ele só iria para os 6 grandes da Europa, porque não achavam que esse mercado estava a aberto para ele, inclusive eles amavam o Brasil pelo nível de amadorismo que os competidores nacionais do Flamengo apresentavam, não era impossível chegar na glória e a vida aqui deles era ótima, eles não eram putanheiros de viver em noitada mas adoravam as festas cariocas quando tinha alguma folga, ou seja, glórias no trabalho e no lazer.
Inclusive vários ficaram putos com o JJ, porque o plano inicial era cumprir o contrato para tentar retornar à Portugal, e com a renovação (que para eles foi uma grata surpresa) vários fizeram planos para permanecer só para ter tudo posto por água abaixo quando ele mudou de ideia, e sim foi apenas isso. O Marcos Braz na sua soberba absurda vendeu um plano gigantesco pro JJ, diga-se de passagem, muito além do que o Flamengo pode suportar financeiramente. Aquele contrato até 2021 era apenas a primeira etapa, depois disso o Braz tava querendo fazer um império pro portuga comandar a partir da segunda gestão Landim que seria baseado na ideia da hegemonia, as contratações desse ano para melhorar o elenco pelos valores que elas foram fizeram muito parte disso, ele prometeu coisas absurdas tipo ter três times de jogadores nível AAA, tipo um para cada competição, e pra demonstrar esse poderio ele fazia assim com o JJ: "Me fala um jogador que tu gostaria de ver no elenco", daí o portuga engatava em vários nomes de jogadores europeus que ele gostava, o Braz falava que isso seria mais a frente, nessa primeira gestão do Landim teria que ser nomes brasileiros, o JJ dizia uns nomes avulso e o Braz com carta branca de todos (mas não aprovação) negociava valores absurdos só para ostentar pro JJ que eles tinham dinheiro para esse projeto de longo prazo, ou vocês acham que é normal pagar 7,5 MI euros por Michael e 7 pelo LP? O primeiro até estava sendo competido e isso elevou os valores mais que o esperado, mas o Léo Pereira foi algo ridículo, porque todos já sabiam da saída do Mari e pagaram isso tudo no LP não por ser um bom jogador, mas sim para pensarem "Se estão pagando 7MI de euros nesse substituto do Mari é porque ele é melhor ou igual ao Mari, se for pior com certeza tem outros 7 reservados para contratar outro", meu amigo, vocês só veem os jogos desse cara, se vissem os treinos dele e do Michael estariam descabelados, são típicos jogadores que funcionam apenas em certos times que tem um nível de pressão e expectativas menores, inclusive o clube nem chegou a pagar por eles ainda e já é consenso entre muita gente ao entorno do clube que eles nunca vão se encaixar no Flamengo, porque eles ainda jogam melhor do que treinam.
E eu não sei se vocês sabem, mas o JJ em si adora jogadores merdas, os torcedores do Benfica devem estar se descabelando agora com o Gilberto que o JJ estava louco para trazer pro Flamengo, ele só não veio porque o Braz começou a perceber que o JJ estava mudando de ideia sobre ficar aqui no Brasil (muito por conta do isolamento que ele vivia aqui e falta de trabalho pela pandemia), e pasmem, ele só soube de fato alguns dias antes do JJ dizer para eles, já falavam em todos os lugares que estava tendo negociações com o Benfica mas o Braz amparado pelo resto da cúpula preferiu não acreditar. O próprio Mari não foi indicação do JJ apesar dele amparar, mas sim da comissão. O portuga adora essa ideia de transformar atletas para o seu potencial máximo, ele via muito isso no Michael, apesar de todo mundo ver agora que era fogo na palha, esse cara de todas as merdas que o Flamengo fez no mercado deve ser a melhor, ele é um jogador completamente ridículo, QUALQUER menino da base renderia mais do que o que ele anda rendendo no treino/jogo, ele não SABE fazer os treinos mais básicos, faz de má vontade, enfim, um fiasco total.
A contratação do Pedro Rocha é outro absurdo desse, o cara estava comprovadamente bichado depois do ano com o Cruzeiro, fizeram ele atuar machucado muitas vezes e ele basicamente tem um problema crônico, fodeu completamente o corpo, se o Flamengo for o último otário a pagar a putaria que ele recebe o próximo contrato desse cara vai ser na Serie B e olhe lá, não tem condições físicas de ser jogador de série A, esse ano ele deve ter feito uns 3 jogos e olha que é top5 mais bem pagos do elenco, é coisa de LOUCO.
Enfim, depois dessa novela do JJ vejam os sinais do que aconteceu, o capitão do time que acabou de ganhar tudo resolveu ir para a Grécia, o Rafinha é um cara sensacional, sem ele o Flamengo não teria ganho nada em 2019 mesmo com o JJ, ele era mais que o capitão sem faixa assim como o JJ e sua comissão era mais do que uma parte do futebol, o elenco do Flamengo sem ele é um totalmente time covarde, simples assim, não tem um lá dentro que bota a cara para falar com todos, ou a boca no trombone para falar de alguma merda quando tá rolando, falam que o Diego Alves e algo mais próximo dele mas não é nem perto, o DA inclusive ia muito na do Rafinha, raramente ele tinha a iniciativa. Tem sim um lance pessoal no meio da saída dele, mas o principal mesmo é que ele se viu completamente desmotivado com o rumo que o Braz tava fazendo o Flamengo tomar, inclusive ele achava um absurdo o clube ter trazido o Michael, ele era o único que pegava no pé diariamente do Michael para levar as coisas na seriedade mas não tinha jeito.
Inclusive ele só saiu mesmo por uma falta de tato do Braz, ele chamou o Marcos para um papo reto depois de saber que o Domenec poderia ser o treinador, porque ele sabia que a temporada não ia dar em nada, e ele como tá no fim da carreira não quer se dar o luxo de jogar temporadas vazias sem títulos só porque os cartolas não sabem nada de futebol, o Dome sabe MUITO de futebol, mas o Rafinha sabia que ele NUNCA seria um treinador do Flamengo, pelo menos não nesse início da carreira dele, o cara é extremamente teórico, é como se você colocasse um Doutorado em Construções cheio de artigos publicados para tocar uma obra de um arranha céu, e o Braz tava numa loucura de trazer treinador Europeu, como se fosse símbolo do sucesso (só para vocês verem como JJ ter vindo foi uma puta sorte inacreditável), essa discordância foi o princípio da saída do Rafinha, o Dome era 3ª ou 4ª opção e extremamente não recomendado, mas acabou vindo só para Marcos e o Spindel não voltarem de mãos abanando da Europa.
E é por isso também que o Rafinha adora futebol europeu e Champions, apesar dele parecer só da resenha, ele era o jogador mais profissional desse elenco, além de ser super pé no chão, por isso que ele logo achou estranho essa soberba do Braz em lidar com o clube, o cara esconde muito do que ele faz pro resto do conselho rubro negro, inclusive o próprio parceiro do Dept de Futebol, o Bruno Spindel, ou vocês realmente acham que o Bruno ia acordar uma renovação do o DA só para ser barrado pelo financeiro, o Tostes VP de Finanças é um dos que mais antagonizam o Braz atualmente, porque ele é o cara que tá vendo o dinheiro ir embora num ano de pandemia, esses balanços que tão saindo somente com 19-24M de prejuízo enganam muito porque ainda não entrou por exemplo entradas de Michael e LP, que juntos dão quase 100 M. DA é outro líder que vai vazar no fim do ano, o Tostes decidiu parar de vez com as loucuras do Braz e por isso que a renovação não saiu, o Spindel que negociou de fato os valores mas o Braz é extremamente próximo do Diego e já haviam acordado verbalmente com ele o que ia acontecer. Com o Hugo agora aparecendo então, tem tipo 1% de chance do Diego renovar sob o que ele tinha acordado com o Spindel.
Como eu havia dito, a eleição é só uma consequência da soberba, e o Dome literalmente só foi demitido por conta disso, se não fosse isso o Braz ia aguentar o catalão lá dentro até o Landim decidir demitir o Braz, o que nunca iria acontecer depois de 2019 e pelo Landim ser absurdamente fraco. Não é a toa que ele é chegado do BAP, se vocês acham que esse post é apenas um Marcos Braz é o problema, NÃO É ISSO, ele é de longe o mais capacitado lá dentro que caiu na soberba, se não fosse ele o Flamengo estaria com Renato Gaúcho depois do Abel ou até coisa pior, a chapa do BAP é absurdamente incapaz de lidar com futebol, do tipo de querer convencer o Zico para ser técnico do melhor elenco em muito tempo. E pra quem não acompanha o Flamengo não deve saber que o Braz já fez tudo isso que tá rolando agora só que mais espaçado, depois de ganhar em 2009 ficou na soberba e o ano de 2010 acabou (por outros fatores também), em 2012 tentou vereador mas não conseguiu, ele é o típico político populista razoavelmente competente (por isso se deu bem no futebol), o sonho dele é se criar nesse meio da política.
E o elenco, bom, não tá dividido nem nada assim (fora os dois zagueiros que chegaram, o resto do grupo tem zero confiança neles), esse time só é muito curioso porque são ótimos jogadores, mas cada um faz o seu sabe? Não tem nenhum tipo de unidade como um time, até porque a maioria desses jogadores mal tem 2 anos de clube, e os que estão lá a muito tempo não tem grande identificação com o Flamengo mesmo (do povo, da favela), é apenas isso, a falta de um líder, por isso que o time quando perde desaba de vez, não tem nenhum resquício de liderança ali dentro, e a falta da torcida potencializou isso demais. Ou vocês acham que um Filipe Luis, Rodrigo Caio, William Arão vão tocar o puteiro no ouvido de todo mundo no vestiário? Eles gostam muito do Flamengo, mas tão longe demais de entender a raça que a torcida gosta quando não há um líder e nem a torcida presente, os meninos da base tão mais próximos disso do que muitos experientes lá dentro tipo Diego Ribas e cia. Eu diria que com mais uns 3-4 anos de clube o Gerson seria esse cara, mas ele ainda é muito jovem e também cai fácil nessa pilha da arrogância e soberba, igual ao Rafinha não existe.
Essa temporada já era de fato, foderam completamente o departamento médico com nepotismo e indicação, Rodrigo Caio dificilmente volta esse ano por burrada da equipe e a zaga é de Série B, a tendência é das contusões aumentarem (e os times aprenderem que é só chegar que faz gol) porque a preparação física dos atletas é inexistente, ficaram parados com a COVID, não fizeram pré temporada e os 3 meses de Dome não teve um preparador competente. Com esse ritmo de jogos atuais e o gramado do Maracanã (tem nepotismo forte na equipe que tá gerindo esse campo) é até surpreendente não terem mais lesões graves, a do Thiago Maia é só início da conversa, prevejo que em Janeiro o time vai ser quase todo reserva, ou reserva do reserva. Engraçado que o Ceni veio porque a principio a situação era diferente do Cruzeiro, mas não é tanto assim, o Flamengo hoje é tipo aquela pessoa magra que só come bobagem e tá pra daqui há uns anos de descobrir que tá podre de saúde, pelo o que eu sei o Cruzeiro era bem mais exagerado que isso, mas em alguma temporada tiveram indícios desse comportamento do ano passado.
O clube não vai cruzeirar agora, nem ano que vem, e nem no próximo, mas os indícios começaram a surgir forte esse ano, é isso que eu tenho pra dizer a vocês (e isso é mais comum do que parece nos 12 grandes), essa temporada tá completamente perdida acreditem. O Rogério veio literalmente por hype da imprensa e apesar de ser líder tá totalmente fora do seu ambiente, nada contra o SP, mas estar no Flamengo é MUITO diferente, não tem um clube parecido no BR, é um clube bizarramente de massa com uma relação muito próxima com o povo, mas diferentemente do Corinthians com sua Fiel, é algo muito mais gladiadores no Coliseu se é que vocês me entendem, a torcida não quer ver o time ganhar, quer ver o time completamente mutilar desde o Bangu até o Liverpool custe o que custar e doa quem doer, não estou falando que isso é melhor ou pior que outros times, mas é a essência.
submitted by vozdetrombone to futebol [link] [comments]


2020.11.17 11:58 dokkan_throwaway Voto pela internet ou pelo celular é a maior idiotice que existe e quem defende isso não tem cérebro

Deixa eu começar falando que eu sempre gostei do Barroso, mas ultimamente o cara tem dado umas cagadas feias.
Já boto o TLDR no começo: Voto pela internet só vai piorar os currais eleitorais
Não vou falar de fraude, hacking, ou seja o que for. Segundo os nossos donos, o sistema é seguro. Teve que mudar tudo pra ser contado em Brasília, mas é porque o sistema é muito seguro. Inclusive tem um rant bom do Oinegue sobre isso aqui (https://www.youtube.com/watch?v=_TSBV9HKGOU) pra quem tiver interesse.
Mas esquece a segurança do processo. Vamos falar de fatos, coisas que estão acontecendo agora, nesse ano.
Fato: As milícias controlam 57% do território carioca. (https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/10/19/rio-tem-37-milhoes-de-habitantes-em-areas-dominadas-pelo-crime-organizado-milicia-controla-57percent-da-area-da-cidade-diz-estudo.ghtml) Nas áreas controladas pela milícia, o cidadão tem que comprar gás mais caro com eles, pagar as taxas deles, fazer o que eles mandam ou então é vala. Com o auxílio emergencial que foi liberado esse ano, as milícias estavam fazendo o cadastro dos moradores e ficando com o auxílio pra elas. (https://jornalpovo.com.b2020/04/19/milicia-mira-no-auxilio-emergencial/)
Imagina agora com a eleição por celular. Ao invés de ter fila na seção eleitoral, vai ter fila na loja do gás da milícia, pra você votar na frente deles, e se não votar vai pra vala. Você quer mais milicianos no poder? Porque é assim que você tem mais milicianos no poder.
Isso só considerando as áreas dominadas por milícia. O mesmo vale pra áreas dominadas pelo tráfico. As filas vão ser na boca de fumo. Você quer mais pastores no poder?
Isso pensando só no Rio de Janeiro. Agora expande isso pro interior do Brasil. To falando aquela cidadezinha no meio do nada com 30k habitantes, onde quem manda é o dono da fazenda ou o delegado. Sabe quem vai sempre ganhar as eleições? Pois é. Se antigamente eles recolhiam os títulos dos trabalhadores e votavam por todo mundo, agora vai ser com os celulares. Ou então vão colocar um único computador com acesso à internet e obrigar todo mundo a votar em quem quiserem.
E quanto ao crime hediondo absurdo de se tirar uma foto da urna quando se vota? Pois é, as eleições vão passar a ser shows de prints, com candidatos pedindo ativamente por prints do voto pra poder te colocar naquela fila da operação pelo SUS. Não votou nele? Que pena, tenta novamente em 4 anos.
É tanta merda nessa idéia que não dá pra entender como que os grandes meios de comunicação estão comprando essa porra sem nem pensar um segundo.
A santidade do segredo do voto vai pro caralho. A segurança que se tem de se votar anonimamente, sem ninguém estar vendo, vai pro caralho.
A idéia é ruim, e quem defende isso deveria ter vergonha.
submitted by dokkan_throwaway to brasilivre [link] [comments]


2020.11.11 19:58 ExperiencedSmoker Playbook de Roger Machado: compreensão da liderança, pluralidade de ideias e a hierarquia no futebol

Um maluco do Footure (site que recomendo bastante) realizou uma entrevista mais afunda com o Roger Machado, com parte 1 e parte 2. Achei legal e resolvi compartilhar aqui. Ele fala sobre treinamento, metodologia, sistema de jogo, conceitos, trabalho comportamental (não só tático), tecnologia, gestão de grupo, fala até mal do Cartola kkk, enfim, uma pá de coisas. Algumas coisas me lembraram muito o Tite (sobretudo quando ele fala de meritocracia, no começo da parte 2) e outras o Domenec (na parte 2, quando ele fala de estilo de tecnico). Destaquei alguns trechos, mas vale ler na íntegra. Vão desculpando a formatação de bosta.
Os conceitos de jogo, por vezes, são mostrados com um grau de complexidade. Por ser um ex-atleta e, agora, estando na posição de treinador, como avalia o desenvolvimento cognitivo dos atletas?
Do ponto de vista da teoria, parece complexo. Mas, quando é materializado no treinamento, é muito simples de compreender. O jogador é sinestésico. Ou seja, aprende através do movimento, uma vez que possui memória muscular. Peço frequentemente para o jogador não realizar algo no treino que não deseje reproduzir no jogo.
Dentro desse tema, percebo que muito se fala a frase “o jogo é dos jogadores”. Mas essa frase, no sentido puro, nos levar a crer que é uma coisa anárquica. Não seria totalmente ao contrário, já que existe uma ideia por trás?
Para mim, é o seguinte: está vendo essa tela aqui? A pintura, as cores e os traços que o jogador vai utilizar, aqui dentro, não interfiro. Mas é preciso que se respeite a delimitação da moldura. O modelo é a moldura. Dentro desse espaço, o artista vai utilizar o que julgar necessário. O desejo é sempre de potencializar as características e o talento individual do jogador. Muito se fala que a tática engessa o jogador, e é o contrário. A tática liberta, uma vez que o jogador terá a compreensão da função que irá executar e ter liberdade para atuar.
Você é um técnico que se adequa ao contexto e aos atletas, ou que tenta implantar o modelo e moldar a característica do atleta?
No futebol, de modo geral, é muito difícil conseguir partir do zero e contratar 30 jogadores. Talvez se consiga ter as características dos atletas mais consolidadas ao modelo de jogo dentro de um ciclo de 3 ou 4 temporadas. O Brasil é uma grande escola para os treinadores brasileiros, pois, invariavelmente, ao chegar em um determinado clube, se faz necessário entender as características do grupo e, sobretudo, as da individualidade e qual modelo de jogo irá melhor se adequar ao elenco.
...
O ambiente externo, por vezes, não entende que há muita ciência envolvida dentro do jogo. Dá para fazer de qualquer forma? Dá! Mas a garantia de que não irá ocorrer problemas é baixa. Na minha ótica, é preciso estar sempre em alinhamento com os diversos setores do clube, tais quais os departamentos de fisiologia e fisioterapia, para minimizar perdas. O futebol é um esporte que tem a aleatoriedade muito aflorada, mas tem algumas situações que podemos controlar. E são essas questões que não podemos abrir mão, já que podem ser cruciais para ter ou não um jogador durante toda a temporada.
...
Com relação ao adversário, trabalho 30% do tempo em cima de suas características. Porque, ao jogar, alguns treinadores trabalhavam em sua totalidade em cima das características do adversário. Só que quando o oponente mudava do 4-4-2 para o 3-5-2, a semana inteira de trabalho era jogada fora, já que partia-se do imaginário de que a equipe viria de tal forma.
...
O futebol é um jogo de conquista de território. Pode ser considerado, do ponto de vista do simbolismo, uma batalha de campo. Existem os ataques terrestres e os aéreos, e o objetivo é colocar a bola dentro da meta do adversário. Esse objetivo pode ser alcançado através de um ataque rápido, de um jogo apoiado ou contra-ataque. Mas, sobretudo, entendendo o que o elenco pode oferecer.
....
Dentro das métricas que utilizo bastante está a velocidade da bola. Citando um exemplo do período em que estava no Grêmio, poucas equipes passavam a bola abaixo dos 3 segundos por jogador. Naquela época, o Corinthians do Tite era a única equipe que tocava abaixo desse parâmetro, com 2,9 segundos por jogador. A partir das métricas da Kin Analytics, desenvolvemos trabalhos específicos e baixamos em 3 segundos a circulação da bola por jogador.
...
Sabe quando os mais antigos falavam algumas vezes que tal equipe perdeu o meio? Esse empirismo tem uma relação verossímil quando olhamos os dados. Por isso, busquei desenvolver, em conjunto com o Andreas e o Kin Analytics, o indicador de controle de meio-campo. Ao dividir o campo em três partes e analisar as métricas geradas pelo Kin Analytics, tendo como parâmetro as competições no Brasil, América do Sul e Europa, percebeu-se que o maior controle era do Manchester City, que apresentava um índice de 350%. Ou seja, a cada bola que a equipe perdia no meio-campo, recuperava 3,5 vezes bolas nessa faixa de campo específica. E isso aumenta as chances de vencer os jogos. As equipes que se sagraram campeãs da Copa Libertadores tinham um controle de meio-campo na faixa de 170%. Isto é, a cada bola perdida, recuperava-se 1,7 vezes a bola no setor.
....
Outra variável importante é a da posse de bola, mas é preciso lembrar que a posse é meio, e não fim, já que é possível ter o controle do jogo a partir do espaço. Tanto que tem equipe jogando com 30% da posse de bola e vencendo. No Bahia, a gente amadureceu as variáveis para que atendessem as minhas necessidades.
....
“A hierarquia é um processo meritocrático. Não posso ter falta de coragem para colocar um jovem no jogo, pois fui lançado aos 18 anos. E também não posso ter preconceito com um atleta por ser mais velho, pois joguei com 34 anos. Penso bastante como jogador, e o processo meritocrático me diz o seguinte: ‘Professor, joguei 30 partidas e te ajudei a ganhar muitos pontos. E tem 3 jogos que estou mal. E o moleque com justiça está entrando bem. Mas você vai me sacar e não me proporcionará a chance de me recuperar em campo?'”, explanou o treinador.
E continuou: “E se o garoto entrar e não conseguir suportar a pressão? Assim, o jogador vai pensar que estou colocando-o novamente como titular, pois ele não conseguiu sustentar, e preciso da ajuda dele para sanar os meus problemas. É claro que quem joga bem tem o direito de permanecer jogando. Mas também é assim com aquele que passa um mau momento. Quanto tempo é? Qual momento? Não sei, é a sensibilidade”, ponderou.
“O que costumo ter como parâmetro é que, ao observar que a instabilidade é individual, posso optar por dar continuidade por um período maior de tempo. Mas, ao perceber que a instabilidade individual está tendo uma repercussão sistêmica, nesse momento interfiro e preservo o atleta por um, dois ou quantos jogos forem necessários para que se recupere. Se como técnico retiro o jogador a cada partida que o desempenho não é bom, não irá existir uma equipe. Além disso, causará muita instabilidade no processo, pois retiro o direito do jogador de oscilar”, concluiu Roger.
....
O futebol brasileiro sempre flertou com o modelo militar. Sobretudo, nas suas conquistas. Não à toa, houve uma militarização do futebol na preparação física, na hierarquização, na forma de liderar dos técnicos e no aspecto disciplinar. E, por vezes, faz com que as pessoas almejem esse tipo de gestão.
É algo que também é assimilado por outros setores que trabalham com futebol. Um exemplo simples é que, ao estar fazendo um primeiro tempo equilibrado ou ruim, a equipe voltou melhor no segundo tempo e venceu. Na coletiva, sou perguntado sobre o tipo de cobrança feita no intervalo da partida, quando, na verdade, o que houve foi a transmissão da informação aos atletas para superar as dificuldades impostas pelo adversário. Nunca parto do pressuposto que os jogadores não se esforçaram em campo.
....
Uma vez, um companheiro de time chegou a mim dizendo que não devia ser amigo de treinador. Quando o técnico pensar em sacar alguém do time titular, o primeiro seria eu, por ter a proximidade e acreditar que aceitaria melhor a ida ao banco de reservas. Falei para ele que não concordava. Certo dia, trabalhando como auxiliar, o técnico chegou a mim e disse para não me aproximar muito dos jogadores, pois, no primeiro momento de dificuldade, o jogador podia me sacanear.
Percebendo essa dicotomia de pensamentos, comecei a observar que existia algo errado no processo, porque os dois lados apenas coexistiam. Trazendo o ambiente do quartel, penso que as relações de grupo de jogadores devem ser similares por construir amizades capazes de perdurar por toda a vida. Esses laços afetivos, quando transportados para dentro de campo, são uma química perfeita.
Além disso,, na beira do campo, há um estereótipo de que o treinador precisa estar gritando, pulando e gesticulando a todo instante. E não sou animador de auditório. Preciso estar centrado para passar as melhores informações, e para que os jogadores tomem melhores decisões dentro do campo. A agitação na área técnica vai ocorrer quando percebo que o atleta não está reproduzindo comportamentos que são treinados.
Pegando gancho nessa resposta tratando de gerações, gostaria de saber a sua impressão no que tange ao comportamento da geração Z. Existe uma diferença grande na forma de lidar?
Eles são muito folgados (risos). O Lucas Fonseca e o Douglas me chamavam de professor, e o Saldanha e o Edson me chamavam de Roger (risos). Mas não me importo, é algo da geração. E gosto bastante dessa relação, e, embora sendo próxima, o respeito ao comando e à forma de liderança permanece intacta. Uma noite dessas, em casa, recebo um vídeo do Saldanha perguntando: ‘Professor, o que aconteceu aqui?’. Fui abrir o vídeo rapidamente, e me deparei com o Adriano [Imperador] me desmontando com uma trombada no jogo entre São Paulo e Fluminense (risos). Aí mandei para ele: ‘Você não quer jogar? Pega o telefone do treinador para tirar onda’. E ele pediu desculpa (risos). VÍDEO
Muito se fala do trabalho de desenvolvimento individual de jogadores realizado por Jorge Sampaoli e Rogério Ceni. Você acredita que falam pouco do seu trabalho nesse aspecto? E como procura desenvolver os atletas?
Não posso ser injusto. Acredito que a repercussão seja satisfatória sobre a minha capacidade de melhorar os atletas. Trabalhar com jogadores jovens e em desenvolvimento é uma das grandes virtudes que tenho, pois apresento a paciência e a didática necessária para que sejam desenvolvidos.
Roger, você passou por Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Atlético-MG, Palmeiras e Bahia. Ao longo da sua trajetória como técnico, o que tem observado de evolução no processo de contratação? Há algo que precisa ser melhorado?
De forma geral, percebo uma evolução e um encaminhamento para buscar informações acerca das ideias de jogo, e também do modelo de gestão para conduzir o processo em um clube de futebol. Por exemplo, ao participar de um processo de contratação de técnicos no Chile, tenho que enviar informações acerca dos modelos de jogo, os conceitos treinados, a forma de desenvolver o treino, liderança, etc. Mas, sobretudo no Brasil, os gestores continuam contratando não pelas capacidades técnicas do profissional, mas sim pelo momento. Então, se o treinador der sorte de estar na curva ascendente quando foi demitido pelo último clube, automaticamente será lembrado quando houver vaga em aberto em algum clube. E o mesmo acontece no sentido oposto. Se o técnico estiver no momento descendente, não será lembrado no momento que o mercado estiver aquecido. Soma-se a isso uma peça fundamental nesse quebra-cabeça: as redes sociais. Afinal, elas detêm um poder de influência na tomada de decisão muito grande. Por vezes, lançam um nome para saber se será bem recebido. Quem está na ponta do processo não quer contratar um treinador que vai chegar com rejeição no clube. Não querem comprar essa briga.Brinco que vai chegar o dia no qual existirá um aplicativo em que o sócio gold irá eleger os 11 jogadores que entrarão em campo. E, como técnico, vou ficar restrito a realizar treinos.
O Cartola FC é algo bem próximo dessa realidade citada por você…
Sim. E, volta e meia, as pessoas invadem o meu WhatsApp para enviar mensagens com xingamentos por ter mudado a escalação da equipe. Não sei onde a sociedade vai chegar. Esse ambiente externo, que tem exercido grande influência no jogo, tem deteriorado a minha relação com o futebol. E a balança está começando a inclinar para encerrar a carreira de técnico e iniciar uma nova etapa da minha vida. Mas, por hora, sigo o planejamento de seguir como treinador por mais cinco temporadas.
submitted by ExperiencedSmoker to futebol [link] [comments]


2020.11.11 03:58 Uicnejfop Urna Eletrônica

Olá. Assistam ao vídeo (https://www.youtube.com/watch?v=LkH2r-sNjQs) para podermos discutir.
Depois vão ao site do TSE, e leiam sobre a segurança da urna: https://www.tse.jus.beleicoes/urna-eletronica/seguranca-da-urna
Alguns pontos chamam atenção:
1- Na parte de criptografia (/criptografia), transcrevo: " O Tribunal Superior Eleitoral usa algoritmos proprietários de cifração simétrica e assimétrica, de conhecimento exclusivo do TSE."
Segurança por obscuridade não é boa prática (http://www.lsi.usp.b~penasio/trabalhos/PSI5006-3286381-5223770-3-V4.pdf, https://pt.wikipedia.org/wiki/Seguran%C3%A7a_por_obscurantismo).
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2- Código Fonte (/apresentacao-dos-codigos-fonte): aberto somente à OAB, partidos políticos e Ministério Público, somente 180 dias antes da eleição, em uma cerimônia, em local restrito: TSE, em Brasília.
Quase todas as maiores empresas de tecnologia incentivam de forma pública, e remuneram quem reporte falhas de segurança em seus softwares. (https://www.facebook.com/whitehat, https://www.google.com/about/appsecurity/reward-program/,
https://www.microsoft.com/en-us/msrc/bounty, por exemplo).
São empresas gigantes, com os maiores cérebros da área, e mesmo assim, todos os meses são descobertas e reportadas falhas de segurança em virtualmente todos os seus sistemas (Chrome, Android, Windows, Edge...). Exemplos recentes de 2 brasileiros que ganharam dezenas de milhares de dólares recentemente: https://www.tecmundo.com.bseguranca/150800-hacker-brasileiro-encontra-falha-facebook-ganha-us-10-mil.htm,
https://medium.com/@alonnsoandres/25k-instagram-almost-xss-filter-link-facebook-bug-bounty-798b10c13b83).
Existem inclusive plataformas especializadas em oferecer, para as empresas, espaços de testes de segurança de seus produtos. Qualquer um pode se cadastrar e começar a ganhar dinheiro descobrindo falhas (https://www.hackerone.com/).
Novamente, vemos no TSE uma tendência a optar pela segurança por obscuridade.
Por que não abrir o código fonte para todo cidadão brasileiro e profissionais de segurança analisarem pelo tempo que quiserem sem ter que ir até Brasília? Quanto mais pessoas e especialistas analisarem, maior a chance de se descobrirem novas falhas. Por que também não oferecer recompensa financeira para incentivar ainda mais como é prática na indústria?
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3- Sistema Operacional (/modelos-de-urna-eletronica): As duas primeiras versões utilizavam o VirtuOS, similar ao MS-DOS e desenvolvido por uma empresa brasileira chamada Microbase.
Segue comentário do estudo feito pela UNICAMP em 2002 sobre as urnas, disponível no site do TSE (Item 4.6, página 30: https://www.tse.jus.beleicoes/urna-eletronica/seguranca-da-urna/relatorio-da-unicamp-urnas-eletronicas):
"O fato da UE não se basear integralmente em um sistema operacional idêntico a um disponível no mercado pode gerar dúvidas quanto à segurança e não é uma prática recomendável."
Novamente, obscuridade. Mas tudo bem, o sistema já mudou.
Os modelos UE2002, UE2004 e UE2006, rodavam Windows CE. Feito pela Microsoft, para sistemas embarcados.
Notem que a Microsoft só passou a liberar todo o código fonte do sistema em 2006, a partir da versão do Windows CE 2006 (https://www.infoworld.com/article/2634197/win-ce-6-0-ships-with-source-code.html).
Ou seja, as urnas de 2002 e 2004 utilizavam sistema operacional de código parcialmente fechado.
Qual o problema do código fechado? Não consegue-se ver como o programa realmente funciona. Confiamos na palavra do fornecedor. Nesse caso, a Microsoft.
Sabe-se da estreita, e muitas vezes não voluntária, mas real, relação das empresas de tecnologia dos EUA com sua Agência de Segurança Nacional (NSA).
O governo americano força as empresas a compartilharem informações privadas de seus usuários através de mandatos judiciais que proíbem o aviso a seus clientes da existência de tais mandatos (https://en.wikipedia.org/wiki/Warrant_canary).
A NSA trabalha ativamente para inserir falhas nos protocolos de criptografia adotados pela indústria (https://www.wired.com/2013/09/nsa-backdoo), e possui histórico especial com a Microsoft (https://en.wikipedia.org/wiki/NSAKEY,
https://www.theguardian.com/world/2013/jul/11/microsoft-nsa-collaboration-user-data).
Mas tudo bem, já passou. Agora as urnas provavelmente utilizam Linux (a última informação no site do TSE refere-se ao modelo de 2008, mas creio que continue até hoje).
É o menos pior, mas também precisa ser atualizado constantemente pois novas falhas são sempre descobertas e corrigidas ("https://resources.whitesourcesoftware.com/blog-whitesource/top-10-linux-kernel-vulnerabilities").
E a NSA não necessariamente está totalmente de fora também (https://www.quora.com/Does-the-NSA-have-a-backdoor-to-Linux).
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4- Teste público de segurança (/teste-publico-de-seguranca-2019):
Mais uma vez, em Brasília, limitado à 25 participantes, inscrição extremamente burocrática, muitas etapas proibidas de serem auditadas:
( "Não serão objetos do TPS os seguintes sistemas, ambientes, procedimentos e elementos abaixo relacionados: I - identificação e verificação biométrica do eleitor; II - preparação e infraestrutura para o Kit JE Connect; III - processamento dos arquivos de urna (fase posterior às fases de transmissão e de recebimento dos arquivos gerados pela urna eletrônica após o encerramento da votação na seção..."
Para ver todos os itens ler a Pág. 2, § 2º : https://www.justicaeleitoral.jus.btps/arquivos/tps-edital-testes-seguranca-2019-atualizado-25-9-2019.pdf).
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
5- Nota-se a ausência de ênfase no site do TSE sobre o processo de transmissão dos votos, e a segurança do sistema central de apuração.
Na auditoria da UNICAMP realizada em 2002, no item 4.15, há alguns detalhes.(https://www.justicaeleitoral.jus.barquivos/relatorio-final-de-avaliacao-do-sistema-informatizado-das-eleicoes/rybena_pdf?file=https://www.justicaeleitoral.jus.barquivos/relatorio-final-de-avaliacao-do-sistema-informatizado-das-eleicoes/at_download/file).
Apesar da transmissão ocorrer por rede privada, isolada da Internet, a encriptação dos dados é necessária para o caso de haver alguma interceptação (https://pt.wikipedia.org/wiki/Ataque_man-in-the-middle).
Pelo arquivo da UNICAMP acima, a encriptação PGP é realizada antes da transmissão.
Porém a implementação específica é omitida. E isso é extremamente importante, pois mesmo que os protocolos criptográficos sejam matematicamente seguros, é comum que sua implementação em software seja defeituosa e permita ataques (Exemplo de implementação errada em clientes de email Apple Mail, Outlook e Thunderbird : https://www.wired.co.uk/article/efail-pgp-vulnerability-outlook-thunderbird-smime).
Novamente, o eleitor no escuro.
Essa seria a etapa mais crítica. Adulterar a transmissão ou o computador central de apuração possibilitaria alterar os votos do país todo, ou de grandes regiões, com somente um ataque.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Comentários adicionais
1- Impossibilidade de Recontagem:
Importante destacar que todo sistema eleitoral tem falhas.
As eleições com voto exclusivo em papel frequentemente são questionadas, e recontagens efetuadas, com resultados diferentes dos iniciais.
A deficiência de um sistema puramente eletrônico é que se houver fraude, seria muito difícil de ser detectado.
Eleições em papel exigem pessoas reais contando, com observadores presentes. Adulterações, surgimento de novos pacotes de votos, pacotes jogados no lixo, tudo é real, palpável. Pode ser filmado, detectado.
A fraude eletrônica não. É virtual. Quem vê? Talvez algum protocolo de assinatura digital detecte alterações nos dados.
Talvez.
E se os responsáveis pelas assinaturas estiverem envolvidos na fraude?
É plausível pensar que um atacante sofisticado a ponto de realizar adulteração eletrônica consiga esconder muito bem seus rastros virtuais.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2- Capacidades ofensivas cibernéticas agora são parte oficial das forças militares de diversos países.
E o Brasil ainda está muito atrás. Sim, temos alguns centros de ponta em computação e tecnologia de informação. Mas nosso orçamento militar, prioridade governamental e pessoal qualificado para a área de cibersegurança ainda é muito limitado.
Ataque recente há alguns dias:
https://tecnoblog.net/381394/stj-teria-sido-vitima-de-ransomware-ministerio-da-saude-sofre-ataque/

EUA, China, Rússia, e Israel, também Irã e Coreia do Norte investem pesado nessa área.
Alguns exemplos mais famosos recentes: https://pt.wikipedia.org/wiki/Stuxnet#:~:text=Stuxnet%20%C3%A9%20um%20worm%20de,bielorrussa%20desenvolvedora%20de%20antiv%C3%ADrus%20VirusBlokAda.

https://en.wikipedia.org/wiki/2017_cyberattacks_on_Ukraine#:~:text=A%20series%20of%20powerful%20cyberattacks,ministries%2C%20newspapers%20and%20electricity%20firms.&text=ESET%20estimated%20on%2028%20June,hardest%20hit%20with%20about%209%25.
É jogo de gente grandíssima. Queremos deixar a base de nossa democracia vulnerável à ação de grandes potências? Seja esquerda ou direita, todos concordamos que o país deve ser soberano.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3- Ah, mas nossa apuração é mais rápida.
Vale o risco? Qual a pressa? Melhor saber o resultado em horas com possibilidade de fraude, ou em alguns dias, com mais segurança?
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4- Ah, mas exportamos esse sistema para vários países, somos exemplo de tecnologia para o mundo!
Sim, há muito trabalho de profissionais extremamente capacitados e dos centros de pesquisa brasileiros, que por anos e anos tentam honestamente aprimorar o processo de voto eletrônico no Brasil.
Eles tem todo o mérito, e sim, entendem muito do que fazem.
Alguns países usaram nossas urnas segundo o site do TSE (https://www.tse.jus.beleicoes/urna-eletronica/visao-externa-do-sistema-eleitoral-brasileiro):
- Argentina
- Equador
- México
- Paraguai
- República Dominicana
Entretanto, países extremamente desenvolvidos e com indústria de computação e telecomunicações muito mais avançadas que a nossa, ainda optam pelo voto em papel. Por que?
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
5- Quais países desenvolvidos não usam voto eletrônico?
Segundo a Wikipedia (https://en.wikipedia.org/wiki/Electronic_voting_by_country):
- Canadá
- Bélgica
- Finlândia
- Alemanha
- França
- Irlanda
- Noruega
- Espanha
- Inglaterra
- EUA (parcial, mais sobre ele no texto abaixo)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6- Os EUA foram o berço da computação e Internet mundiais. Ainda hoje as maiores empresas de TI são de lá. Qual a opinião deles sobre voto eletrônico, existe algum estudo?
Sim!
A Academia Nacional de Ciência Engenharia e Medicina dos EUA ficou 2 anos estudando o tema, desde 2016, quando houve suspeita de interferência russa nas eleições americanas.
Professores das melhores universidades e empresas de computação do mundo (MIT, Princeton, Stanford, Microsoft) então publicaram, em 2018, suas conclusões no texto "Securing the Vote - Protecting American Democracy", disponível de graça para leitura em online ou '.pdf' (menu à direita)(https://www.nap.edu/catalog/25120/securing-the-vote-protecting-american-democracy).
A conclusão foi que o voto eletrônico é fundamentalmente inseguro, só devendo ser utilizado se houver outro meio de auditoria em conjunto (voto em papel):
Pág 80.
"4.11 - Elections should be conducted with human-readable paper ballots...
Recounts and audits should be conducted by human inspection of the human-readable portion of the paper ballots.
Voting machines that do not provide the capacity for independent auditing (e.g., machines that do not produce a voter-verifiable paper audit trail) should be removed from service as soon as possible"
Pág 93.
" There is no realistic mechanism to fully secure vote casting and tabulation computer systems from cyber threats... Even if best practices are applied, systems will not be completely secure. Foreign state–sponsored attacks present a challenge for even the most responsible and well-resourced jurisdictions.... Appropriate audits can be used to enable trust in the accuracy of election outcomes even if the integrity of software, hardware, personnel, or other aspects of the system on which an election is run were to be questioned. Better cybersecurity is not a substitute for effective auditing."
***********************
Resumo Português:
[4.11 Eleições deve ser feitas em papel.
Recontagens devem ser feitas por humanos olhando os votos em papel.
Máquinas de voto que não imprimam papel para auditoria devem ser descartadas o mais rápido possível
Pág 93.
Não há como proteger as máquinas ou sistemas de votação de ataques cibernéticos.
Mesmo com as melhores práticas de segurança, ataques de potências estrangeiras podem afetar os mais organizados e melhores mantidos sistemas.
Entretanto, se houver auditoria, os resultados podem ser confiados, mesmo que haja vulnerabilidades presentes.
Mas lembrando, cibersegurança não substitui auditoria!]
***********************
A frase final é importante. Nada substitui a possibilidade de auditoria (recontagem).
Nosso sistema é essencialmente falho nesse aspecto.
A parte seguinte sobre votação pela Internet também vale a pena ser lida.
(obs: os problemas na eleição atual deve-se ao voto à distância (correio) e algumas máquinas em alguns locais (para saber mais pesquise em duckduckgo.com), e em nada desvalorizam o excelente trabalho da comissão citada acima)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Mais Importante
O voto eletrônico é elitista e antidemocrático. E não sou eu falando.
Uma decisão da Suprema Corte alemã entendeu que, como as eleições são a base do processo democrático, qualquer cidadão tem o direito de entender perfeitamente como o sistema funciona e participar da recontagem ou inspeção eleitoral.
Entre no site do TSE e tente entender como funcionam todas as etapas de segurança do voto eletrônico.
Sabe o que é uma assinatura digital? Chave pública e Chave privada? Troca de chaves de Diffie Hellman?
Sabe só o conceito ou sabe os detalhes de implementação? Conhece a matemática pesada que embasa os protocolos de criptografia?
" - Ah! Mas eu uso sistemas bancários eletrônicos e ando de carro todos os dias sem saber todos os detalhes de como eles funcionam. Também tomo medicações que não faço ideia como são fabricadas ou agem nas moléculas das células do meu corpo. Na sociedade especializada é assim. Não dá pra saber tudo. Cada um faz o seu e confia no restante das pessoas para fazerem o delas bem feito."
Sim! O raciocínio está correto. Mas não para o voto!
Se os carros falharem e começarem a causar acidentes, a fabricante será processada e condenada.
A mesma coisa para a medicação, ou o banco.
Condenada por quem? Pelo Estado!
O Estado tem o monopólio da força e da justiça na sociedade.
E se o Estado se tornar abusivo, injusto? Corrupto? E se o executivo passar a controlar o judiciário para ficar impune? A única saída (pacífica) são as eleições.
Por isso é essencial que o processo eleitoral seja transparente e popular.
Sim, popular. Basal. Simples. O mais simples possível.
Qualquer João ou Maria que estiverem passando ali na esquina devem ser capazes de participar da contagem de votos e inspeção eleitoral, se desejarem.
Com a complexidade da votação eletrônica, nem graduados em engenharia da computação entendem todo o sistema, a não ser que façam uma especialização na área e estudem profundamente segurança de sistemas embarcados, segurança de redes, e criptografia.
Mesmo assim, com a falta de transparência do TSE, não conseguiria entender tudo.
A realidade fria é que a votação eletrônica é um tipo de elitismo tecnológico.
Poucos entendem o processo. E com o conhecimento, vem o poder. Ou seja, poucos tem o poder.
Imagine um governo eleito pelo povo, que lentamente se torne ditatorial, sem objetivo de sair.
Além de aparelhar as forças militares com seus amigos, a primeira coisa que fará é aparelhar o TSE e sua equipe de técnicos e programadores.
A partir daí, é só alegria.
O ditador e seus amigos ficarão se alternando no poder o quanto quiserem. E quem irá detectar alguma fraude?
Voltando para a sentença alemã, aí está o link (https://www.ndi.org/e-voting-guide/examples/constitutionality-of-electronic-voting-germany).
Vale a pena ler.
Me estranha nossos juízes do STF (especialmente um com especialização na Alemanha) que citam tantos autores alemães em suas sentenças, não se influenciarem por essa brilhante opinião da corte maior:
"The use of voting machines which electronically record the voters’ votes and electronically ascertain the election result only meets the constitutional requirements if the essential steps of the voting and of the ascertainment of the result can be examined reliably and without any specialist knowledge of the subject..."
***********************
Resumo Português:
[ O uso de máquinas de voto eletrônicas só atendem às exigências constitucionais
se os passos essenciais da votação e da auditoria dos votos puder ser examinado
de forma clara que não necessite de conhecimento especializado.]
***********************
Me estranha o nosso STF votar várias vezes contra a impressão do voto para permitir recontagem.
Me estranha também o apego e orgulho com que declaram altivamente que o "sistema eleitoral brasileiro é seguro, e referência mundial", como se estivessem repetindo um dogma religioso e qualquer questionamento ou discussão é rotulado de "conspiração antidemocrática".
Me espanta também a omissão dos técnicos do nosso país a respeito do tema.
Com exceção do professor Diego Aranha da UnB e Unicamp, nenhum outro que conheço se manifesta sobre o tema.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
É isso. Post gigante. Vamos discutir.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Muito longo; não li:
- TSE é pouco transparente
- As opções de segurança implementadas pelo nosso sistema atual não são perfeitas e permitem questionamentos
- Um sistema eleitoral vulnerável expõe o país à interferência externa. Mais ainda quando o domínio cibernético é o mais novo domínio militar das potências
- Muitos países desenvolvidos não usam sistemas eletrônicos de votação por considerarem inseguros ou antidemocráticos
- Me estranha a forma dogmática com que as autoridades tratam do assunto no Brasil, e a população, principalmente os especialistas, aceitam sem questionamento

*edit: add o link pro video
submitted by Uicnejfop to brasilivre [link] [comments]


2020.11.06 16:36 OlindodeQuimica Milton

Às vezes pergunto-me. Será que o Nilton sabe que não presta? Será que ele chora todos os dias na sua cama quando chega à conclusão que por mais que tente, o seu humor nunca vai fazer rir ninguém? Deve ser uma frustração, uma praga que lhe consome o coração, a completa falta de habilidade de provocar o riso genuíno nas pessoas, algo que ele sempre quis, mas que infelizmente, por azar da sua natureza, nunca conseguirá. Ele deve-se lamentar dessa sua horrível maldição todos os dias. Que pena, pá. Imagino que ele deve passar meses a fio a escrever as suas anedotas para a rádio, a suar profusamente da testa, a sangrar da mão que aperta a caneta, acordado até às tantas horas da manhã, concentrando-se apenas na anedota que está à sua frente, pensando bem nela, aperfeiçoando-a, uma anedota que na sua mente é perfeita, que tem que ser perfeita, mas que sabe que, no fundo, não vai provocar riso nenhum, e isso incomoda-lhe, e com razão. Imaginem trabalhar tanto para algo que foi em vão. Deve ser desmotivante, finalmente dizer aquela anedota que passaste tanto tempo a escrever, para depois ninguém se rir, para ninguém perceber sequer. E aposto que na mente do Nilton é isso. Que ele é apenas um génio incompreendido, que ninguém lhe percebe, que o seu humor vai além deste universo e que, talvez um dia, alguém chegue a entender o seu humor sublime, e ele deve tentar-se convencer dessa mentira todos os dias, uma forma de lidar com a sua desilusão, mas no fundo ele sabe, ele sabe que não presta e que nunca vai prestar. É triste, hein? Ser um bom comediante é o seu sonho, mas é um sonho irrealizável, e ele deve estar bem ciente disso. E talvez ele nunca quis ser o melhor comediante, talvez a única coisa que ele queria era poder entrar na sala, e pôr as pessoas a rir, alegrar o dia ao seu público, um sonho humilde, mas infelizmente o coitado não consegue, e isso dá cabo dele. É óbvio, uma história muito comum a muitos, ele formou esse sonho de ser comediante, claro, ainda na sua infância, e os seus ídolos eram, com certeza, o Charlie Chaplin e o Raul Solnado, ele gostava da maneira como eles faziam toda a gente rir e alegravam o dia de muitos, ele gostava da maneira como eles alegravam o seu dia da sua infância talvez trágica. Imaginem a alegria que deve ter sentido quando um dos seus grandes ídolos, por pena, foi assistir aos seus espetáculos, um ato de caridade que lhe valeu um avanço na carreira. Tristemente, no entanto, ele sempre soube que todos os avanços na sua carreira não foram merecidos, e que se deveu apenas aos outros terem pena dele, e ele nunca chegou a aceitar essa verdade. Agora o seu ídolo é de certeza o Markl, pois por um lado não é assim tão bom o que o faz identificar-se nele, e por outro lado é muito superior a ele o que faz de Markl um bom modelo a copiar. Mas eu pergunto-me, porque é que Nilton ainda persegue esse sonho de comediante quando sabe que nunca o vai realizar? Isto aqui é só uma teoria, mas a resposta de certeza está naquela cena de "O teu pai tem bigode". Lembram-se? Isso ainda existe? Porque é que alguém criaria um programa chamado "O teu pai tem bigode"? Simples, porque essa pessoa teve, de certeza, uma infância trágica que envolvia o seu pai, mais especifcamente, o bigode do mesmo! Se calhar o pai do Nilton tinha um bigode tão grande, tão másculo, tão espesso, que assustava o Nilton e dava-lhe pesadelos e assim traumatizou o rapaz. Não, já sei! Na verdade o pai do Nilton nunca teve um bigode, mas queria ter um, mas por mais que tentasse o bigode não crescia, o que lhe deu um desgosto enorme. E foi uma tragédia, e na escola gozavam com o Nilton pois o seu pai não tinha bigode. E o trauma mais escuro de Nilton é que o seu pai nunca foi homem suficiente para ter um bigode. Por isso é que no tema a frase é tanto dita como se fosse a gozar com o pai dos outros por terem bigode, pois o pai de Nilton não tinha logo ele finge que isso é uma coisa má, mas também é dita como se fosse a coisa mais divina do mundo, pois para Nilton é. E se calhar é por isso que Nilton persegue, em vão, o seu sonho de comediante. Porque prometeu-se a si mesmo que não ia ser como o seu pai e que ia conseguir realizar o seu sonho, se bem que ele chore por dentro ao saber que isso não é verdade e que está apenas a seguir os passos do pai, e que vai falhar. Deve ser isto, não é? É, é isto, dá para ver nos seus olhos. Olhem para os olhos do Nilton e digam se isto não é verdade. Coitado, na verdade ele só quer uma coisa,que é ser um comediante decente, mas infelizmente é a única coisa que é impossível para ele. Realmente trágico. É triste, de facto. Tenho muita pena do Nilton. Da próxima vez que falarem mal dele, pensem nisto.
submitted by OlindodeQuimica to PastaPortuguesa [link] [comments]


2020.11.04 14:13 Magic_is_useles Por que vocês vão na igreja? É por tradição? É por medo? É porque são obrigados? Ou para socializar?

Antes de tudo, eu gostaria de dizer que eu não tenho nada contra a religião que as pessoas escolhem. Eu só não tolero mesmo é a hipocrisia e ignorância de alguns que se dizem "cristãos".
Por que você vai na igreja? Você acredita em Deus? Você acredita em tudo que está na bíblia? Tenho 19 anos, não bebo, não fumo, sou hétero, nunca roubei, nunca machuquei propositalmente, não tenho arrependimentos de minhas escolhas e não vou à igreja já faz 4 anos.
Eu tenho uma família religiosa e tradicional. Ironicamente, em minha família há bem mais mulheres do que homens, mas o machismo reina. Eu sou constantemente questionado sobre as minhas escolhas e constantemente difamado pelo meu afastamento da igreja.
Eu acredito em Deus, mas não porque alguém me disse, ou porque está escrito na bíblia, ou porque eu acredito em milagres. Eu acredito em Deus porque eu não acredito que o universo foi criado do nada. Se você estuda um pouco de física e matemática, você percebe que tudo é regido por essas leis e é como se vivessemos em um sistema onde tudo se encaixa perfeitamente na matemática.
Eu acredito que o nosso universo teve um arquiteto, mas não necessariamente que ele seja um homem barbudo com cabelos grisalhos. Para mim, Deus poderia ser a própria matemática ou os números. Eu não consigo acreditar nas histórias da bíblia. A história da criação, por exemplo, foi passada oralmente por muitas gerações até ser escrita por Moisés. Quem garante que aquelas histórias realmente aconteceram? É uma lenda! Eu acredito que bíblia trás mais dúvida e confusão do que respostas.
Sinceramente, eu me desapeguei à igreja devido todas as suas atitudes e injustiças que eu presenciei. Eu posso confirmar que pelo menos por onde eu passei, eu encontrei mais pessoas ruins vindo da igreja do que de fora dela. Por que a igreja atrai tantos picaretas? Eu não me importo com o que as pessoas acreditam, elas tem direito de buscar as suas motivações no que quiser, mas o que mais tem são pessoas que nunca estudaram se fingindo de pastores e enganando as pessoas por grana.
Como vocês podem ver, eu tenho bastante ressentimento com as igrejas e o que está acontecendo na atualidade não ajuda muito também, mas o assunto que eu quero trazer aqui é: você vai ou não na igreja? Se sim ou não, porque você vai ou não vai. Por que eu pergunto isso? Eu pergunto isso porque a minha vida inteira eu tive dúvidas a respeito dos dogmas e a existência de Deus, mas eu nunca pude perguntar isso para as pessoas da minha família, porque sempre que eu chego perto desse assunto eles se sentem incomodados.
O que me parece é que os meus criadores só estão seguindo essa religião devido a tradição, mas não sabem o porque fazem isso. Isso é ruim, porque é esse tipo de coisa atrasa a nossa sociedade. A igreja pensa pelas pessoas. Essas pessoas não buscam os seus propósitos ou pensam o porque fazem o aue fazem, elas só seguem o que a igreja manda que 0,1% das vezes é algo bom.
Uma pessoa que comete crimes, que não estuda, que rouba, etc, é punida pelas consequências de suas escolhas. A minha conclusão é que você não precisa da igreja para chegar à conclusão de que ser bom é melhor. Você chega à essa conclusão mais fácil estudando e pensando por si próprio. E mais do que isso, você entende que é melhor para esse mundo se as pessoas são conscientes e são livres para fazerem as suas próprias escolhas.
Do contrário, nós temos um monte de pessoas nas igrejas, que se não fosse o medo do inferno, elas estariam roubando e matando por pura ignorância. Eu não acredito nessa história de "O ser humano é ruim por natureza", pois quanto mais você pensa por si mesmo, mais você quer um mundo igual, um mundo com direitos iguais, um mundo preservado e que progride para um futuro de modo sustentável.
Desculpe pelo textão, essa é a minha visão pelo o que eu vivi. Me digam: vocês acreditam em Deus? Não acreditam? Vão ou já deixaram de ir à igreja? Por que? Me deixem as suas opniões, esse é um assunto que incomoda muitos, mas que eu acho interessante de se discutir.
submitted by Magic_is_useles to desabafos [link] [comments]


2020.11.01 13:47 SnooSquirrels7448 vai ficar tudo bem

eu fiquei lendo o que a galera aqui tá passando e talvez minha história ajude alguém.
Tenho 25 anos, sofro com depressão desde que eu me lembro como gente.
Nos últimos quatro anos minha vida tinha se tornado insustentável, eu odiava minha faculdade, tinha me afastado de todos os meus amigos e não conseguia manter relacionamentos, apenas transava com várias pessoas para afirmar que eu era bonita e valia alguma coisa, meu salário não rendia nada gastava apenas com bebidas e roles errados. Decidi que ia mudar, me foquei profissionalmente para entrar num trabalho que eu realmente gostasse e não fizesse apenas pelo salário. Entrei em um relacionamento com um cara que era meu melhor amigo, e bom depois de um ano levei um belíssimo pé na bunda pq ele não queria ficar com uma mina fodida da cabeca como eu além de ter perdido meu amigo perdi várias outras coisas. Nesse meio tempo eu tinha engordado 20 quilos, e me odiava aí tb sempre odiava sair pq achava que era uma gorda nojenta, só que eu sempre fui muiiito magra então ter engordado só me deixou com um corpo mais cheio mas não tão gorda quanto eu achava na minha cabeça. Só que nessa época não conseguia focar na faculdade e nem no trabalho, o que resultou em uma demissão e um ano perdido na faculdade. Para quem já tava na bad isso tudo aí é pesado, e para melhorar nessa mesmo período minha mãe me expulsou de casa por mil e um motivos, culpando que eu fumava maconha e sempre ia reclamar dela, fui morar com uma tia mas eu tava quebrada psicologicamente. Eu já tinha passado por aquela crise de saber quem eu realmente era e das coisas que eu gostava mas nada tava dando certo, então o que era que tava de errado, será que era eu a errada disso tudo.
Bom depois disso tudo, eu tentei suicídio fui parar numa uti e fiquei internada durante duas semanas. Eu já tava trabalhando num outro lugar que me daria mais oportunidades, só que na época tava tudo uma bosta. Quando eu sai do hospital até tentei fazer terapia mas os médicos queriam me empurrar remédio e me tratavam como louca, então eu decidi que não buscaria ajuda por hora mas que ia arrumar minha vida.
Foquei no trabalho, e decidi criar um novo hobby fui fazer aulas de circo e realmente me descobri, consegui evoluir bastante lá. E comecei a tentar me reaproximar das pessoas, foi difícil pq muita das pessoas não entendem e muita delas nem tenho mais contato, foram pouquíssimas pessoas que sabem o que passei e que voltaram a falar comigo. Descobri a área que realmente queria trabalhar, e que poderia fazer isso onde eu tava trabalhando, e tb consegui tirar forças do rabo para me formar. Voltei para casa da minha mãe, e a gente conseguiu se entender. Minha mãe tb tem vários problemas psicológicos que acabaram me afetando e afetando o nosso relacionamento, mas tá tudo bem. E depois desse roles errados de relacionamentos tb entendi que não preciso me afirmar transando com outros vários caras, e tá tudo bem eu ter engordado tô bem mais bonita agora até tenho peitos.
E agora esse ano entrei no meu emprego dos sonhos, tô num puta trampo foda to sendo tudo o que eu esperava de mim com 18 anos, e bom não era exatamente o que eu imaginei mas paga bem e em breve vou trocar de emprego para um que faz mais sentido e ainda paga muito mais do que eu já imaginei ganhar, tô vendo apartamentos para me mudar e devo conseguir comprar um carro ano que vem. Emagrecer não tá sendo meu foco, mas consegui ter uma forma melhor e voltei a me exercitar pq me faz bem. Tb comecei a fazer terapia com uma terapeuta que realmente me entende, e com relação a relacionamentos, não sei o que esperar mas tô me sentindo bem e esperançosa para a vida depois da pandemia.
Desculpa pela série de fatos aleatorios mas eu só queria mostrar como a vida da umas voltas muito loucas, e tipo durante muito tempo me senti mal e sozinha mas as coisas vão se encaminhando e algum momento vai ficar tudo bem, tem momentos que eu não acredito para onde eu tô indo só que sigo firmo e espero que sirva para alguém que passa por alguma coisa parecida ❤️
submitted by SnooSquirrels7448 to desabafos [link] [comments]


2020.10.27 17:58 cardosoeavila Procurando dicas de emagrecimento em Recife

Procurando dicas de emagrecimento em Recife
Primeiro, a gente precisa entender do que se trata essa substância. O glúten não existe na natureza. Ele se forma quando misturamos certas proteínas com água e submetemos à movimento. Um exemplo é a proteína gliadina, do trigo.
Então, ele não vai ser encontrado sozinho, ele vai ser um produto do processo de fabricação de alguns alimentos. Ajuda por conferir elasticidade e consistência aos produtos. Entre as fontes alimentares, além do trigo, o glúten pode ser encontrado no centeio e na cevada. Se questiona sobre a aveia, mas se sabe hoje que apesar da semelhança, a proteína da aveia é diferente dos outros três cereais, não formando o glúten no seu processamento. Por outro lado, as pessoas que apresentam intolerância ao glúten precisam estar atentas à aveia, já que ela pode estar contaminada com traços de glúten, por ser processada normalmente nos mesmos maquinários dos outros cereais.
https://preview.redd.it/snru725l4ov51.png?width=1331&format=png&auto=webp&s=a2c431164e9f2a2e287f7c18d80920d63546512b
Essa é uma outra diferenciação que precisa ser feita, entre intolerância e sensibilidade. Existem pessoas que são intolerantes ao glúten, aqueles que apresentam uma patologia chamada de doença celíaca. O glúten, ao chegar até o intestino desses pacientes, desencadeia uma resposta imunológica que aumenta a inflamação, causando danos às microvilosidades intestinais, normalmente levando a queixas de diarreia, dor e distensão abdominal. É comum aparecer perda de peso pela má absorção de nutrientes. Os sinais e sintomas são normalmente intensos, e esse pacientes precisam realmente fazer uma restrição. Não podem comer. Apesar de existirem testes específicos, pesquisa de anticorpos, que fecha mesmo o diagnóstico é a biópsia do intestino. Felizmente a prevalência da doença não é alta em Recife.
Mas existem uma grande parcela de pessoas que apresentam sensibilidade ao glúten, só que essa sensibilidade pode variar de uma coisa bem simples, praticamente sem nenhum sintoma, até um grau maior, com queixas mais importantes, quase se aproximando de uma intolerância. As queixas então vão variar em relação a esse grau, mas também à quantidade de glúten ingerida. Já no doente Celíaco, uma mínima quantidade ingerida já vai desencadear a resposta imunológica e as queixas. A pesquisa através de sorologia também pode ser realizada, assim como testes genéticos, através da nutrigenômica. Na minha opinião, o bom mesmo é escutar os sinais que nosso corpo nos dá... o corpo fala. Se você come produtos com glúten e apresenta algum tipo de desconforto e também busca emagrecimento, tente evitar o consumo. É sempre mais fácil associar à queixas do trato gastro-intestinais (diarréia, gases, distensão), mas podem surgir outras como dores de cabeça, enxaquecas, problemas na pele, fadiga... entre outros sintomas. Muitas vezes só se relaciona esses problemas não-intestinais com consumo de glúten quando, eventualmente se suspende o consumo e observa a melhora.
O que parece ser uma diferença importante é que, mesmo que apresente sintomas importantes, a pessoa com sensibilidade não apresenta os danos às microvilosidades intestinais, como observados nos pacientes com Doença Celíaca.
Por conta da sua sequência de aminoácidos, o glúten é uma proteína que não é facilmente digerida e vai terminar resultando em presença de peptídeos, fragmentos de proteínas, não digeridos. A gente sabe que o trigo de hoje em dia não é o mesmo de antigamente. O trigo sofreu processos de transgenicidade e hoje apresenta quantidades bem maior de glúten do que antes. Talvez seja por isso que seja mais comum atualmente as queixas de sensibilidade com o consumo. Parecem existir tipos melhores de farinha de trigo, algumas marcas inclusive importadas que preservam características mais parecidas com as farinhas que consumia há milhares de anos.
De qualquer maneira, se sabe que o glúten é inflamatório, sobretudo para o nosso intestino. Promove alterações que favorecem o aumento da permeabilidade intestinal, ou seja, permite a passagem de substâncias indesejadas do intestino para a corrente sanguínea. Esses corpos considerados estranhos dentro do nosso corpo levam a uma ação inesperada do sistema imunológico, que termina causando inflamação e acomete diversos órgãos e tecidos. Em Recife, muitos protocolos de emagrecimento defendem restrição ao glúten.
Assim, a gente entende que existem pessoas que não podem consumir produtos com glúten e outras que devem evitar. Claro que existem aqueles que não apresentam nenhuma sensibilidade, mas como e trata de um produto inflamatório para o corpo, se puderem também evitar, consumir apenas de forma eventual, eu acredito que seja a melhor estratégia. Isso serve também para aquelas pessoas que buscam emagrecimento.
Cardoso e Ávila
submitted by cardosoeavila to u/cardosoeavila [link] [comments]


2020.10.26 13:02 rufus_o_cacto Esquemas de pirâmide

Meu cunhado já participou de uns três esquemas de pirâmide. Perdeu todo o dinheiro todas as vezes. Na última vez, no início do ano, ele ficou numa situação de não ter dinheiro nem pra comprar comida e eu tive que ajudar porque não queria que minha irmã passasse fome. Agora minha irmã tá grávida. Por causa disso, várias pessoas o ajudaram a se reerguer. Ele ganhou um carro (porque perdeu o que tinha pra pirâmide) e material para construir uma casa. Ela está ficando descente.
Porém, ontem, ele veio conversar comigo sobre uma "oportunidade".

Ele: o que você acha de uma coisa que cê investe 150 reais e lucra 6 mil no mesmo mês?
Eu: acho que é golpe ou esquema de pirâmide.

E daí ele começou a falar que não é esquema de pirâmide, é marketing multinível. Eu só preciso entrar com R$ 150 na rede dele e conseguir mais 12 amigos que entrem na minha rede e pronto, vou ter 6 mil reais pra cada 150 que eu investir.
E eu lhe falei que isso não é algo sustentável. Só se sustenta enquanto tiver pessoas entrando e os últimos vão perder dinheiro. E ele respondeu que não. Que é como qualquer outra empresa que eu participo (eu sou sócio de umas empresas), e que sempre vai ter gente entrando porque tem 8 bilhões de pessoas no mundo. Basta conseguir apenas 12 amigos, ele disse, e cada amigo precisa conseguir mais 12. E, no terceiro nível, você já tem 6 mil pra casa 150 que investir!
Peguei a calculadora: log de 8 bilhões na base 12. Deu 9 e uns quebrados. A pirâmide completa só pode ter 9 níveis, no máximo, e cê quer que eu construa três deles?, mas a resposta foi: não são só 9 porque tem muita gente no mundo. 8 bilhões. Ele não entende muito de logaritmos, nem de matemática em geral.
Eu não sabia mais o que dizer. Nas outras vezes que ele entrou nessas coisas, eu o avisei logo no começo que não tinha como dar lucro. Ele não acreditou em mim. Do que adianta avisar de novo?
Ele viu minha expressão de desistência e deve ter achado que estava me convencendo porque continuou: veja, tem muitas empresas de marketing multinível aí. Há anos. Como é que elas não quebraram? Não quebram porque dão lucro!
E eu: a pirâmide sempre dá lucro pro dono dela, quem perde dinheiro é quem está na base. Como você.

Então ele pensou por meio segundo, talvez estivesse buscando na memória alguma resposta pra isso, alguma coisa que ele viu nas aulas que o pessoal da "empresa" dá. Bom... A oportunidade está aí pra quem quiser aproveitar. Se você não quer, não posso fazer nada.

___
Eu sinto muito pela minha irmã (que não vai se divorciar dele por motivos religiosos; ela é bem extremista) mas, dessa vez, não vou ajudar quando precisarem.
submitted by rufus_o_cacto to desabafos [link] [comments]


2020.10.24 21:12 Isaacvitorbr4 Solução e para a Amazônia (Discussão)

Ok antes de começar gostaria que soubessem que sou novo aqui então tenham Paciência comigo ok,também não apoio o biroliro.
Eu percebi ultimamente que muitos brasileiros e estrangeiros estão pedindo o boicote de nossos produtos agrícola, sançoes e também o boicote a o acordo UE-MERCOSUL nas redes sociais como forma de protesto.
Mas começei a pensar um pouco e percebi que caso continuem vão exacerbar o problema, estamos passando por muitos problemas econômicos e sociais fazer esse tipo de coisa não vai ser bom,faz pouco tempo que saímos de uma crise econômica e também com a pandemia piorou oque já estava ruim.
Também percebi que toda vez que aconteçe algum incêndio aqui no brasil as pessoas tendem a culpar o governo o que esta certo,mas ultimamente vivemos um período de secas e também por que tanta atenção aqui ? Realmente Entendo a responsabilidade do biroliro mas o modo como as pessoas(estrangeiros) focam aqui e pedem sanções e boicote é ridiculo.Todo ano acontecem incêndios aqui mas porque estão tão focados no brasil ? Isso acontece na California,Bolívia,Austrália,Rússia,Portugal...eles também merecem sanções ?
O corte de dinheiro para o meio-ambiente acontece em todo governo geralmente por 2 motivos: Economia e Corrupção.Em grande parte nossa economia pois sempre conseguimos piorar por causa de algum idiota que colocamos no poder, mas também muitas potencias estrangeira ficam colocando barreiras ao nosso desenvolvimento sinceramente nunca entendo o Porquê disso
Fonte: http://www1.folha.uol.com.bambiente/2015/03/1610479-dilma-corta-72-da-verba-contra-desmatamento-na-amazonia.shtml#:~:text=Levantamento%20obtido%20com%20exclusividade%20pela,combate%20ao%20desmatamento%20na%20Amaz%C3%B4nia.

Dilma corta 72% da verba contra desmatamento na Amazônia

Outra coisa que percebi é a burrice de algumas ONGS especificamente o greenpeace e também o fato de uma boa fatia do nosso PIB vir de Commodities caso esse setor cair uma boa parte do nosso PIB vai junto.
Todo mundo não percebe que oque acontece com o Brasil aconteçe com a Amazônia ,Todo mundo diz que devemos proteger a Amazônia mas não podemos tocar nela sem ser criticado por ganância literalmente é 40% porcento do nosso território e não podemos ? Existem cidades lá e as pessoas simplesmente esqueçe disso.
Ok a pecuária causa muitos danos ao meio ambiente mas porque só os EUA e EUROPA podem ? Eles geralmente argumentam que é pór causa que tem isso naturalmente mas nos também temos a maior parte da nossa carne e soja sai do cerrado que tem formações de pastagens e outras formações,outro argumento é que o cerrado também é importante ok verdade, mas porque os paises do 1º Mundo não param de produzir porque só os EUA e EUROPA podem importar isso ?
Outra coisa que ninguém percebe é que caso eles parem de importar provavelmente vamos piorar mais do que já estamos(Economicamente) e o desmatamento vai continuar provavelmente pra outro tipo de coisa
A maior parte do gado e soja ficam no centro oeste não no norte

A Solução para a Amazônia é:

Estimular nossa economia
Entender que o que acontece com nossa economia acontece com a Amazônia
Pagar ao brasil uma quantia significativa como 50 ou 30 bilhões de dolares
Fazer melhores acordos comerciais e aprovar o acordo UE-MERCOSUL(pra que a UE tenha como exigir uma postura do Bozo)
Bem essa é minha opinião e gostaria que VOCE me diga a sua


Cianofobia é crime
submitted by Isaacvitorbr4 to brasil [link] [comments]


2020.10.23 23:38 Sumate_ Eu sou decepcionante

Olá eu me chamo Sumate, tenho 17 anos e sou um estudante do 2° ano. Eu tenho 1,80 de altura, sou feio e peso 72 Kg, que é relativamente normal mesmo que eu não me alimente bem e nem pratique exercícios físicos, coisa que deveria fazer pois sinto que os músculos das minhas costas não estão aguentando manter minha postura. A única coisa que fico bastante incomodado no meu corpo é o meu bucho, que é muito elevado e giarda muita gordura.
De um modo geral sou uma pessoa bem desinteressante. Não tenho amigos e quase sempre estou sozinho em casa. Não consigo me comunicar normalmente com os outros e tenho um problema com timidez. Muitos me consideram inteligente, pois tiro notas altas; mas nunca achei, pois mesmo tirando notas altas eu nunca tive que me esforçar para isso, tudo o que eu sempre fiz foi prestar atenção na aula e simplesmente entender o conteúdo. Não tenho nenhum talento e nem sou bom em nada. Não tenho muitos interesses, no máximo gosto de assistir anime. Eu odeio ter que trabalhar em grupo na escola, eu sinto que os professores fazem isso simplesmente para me ver sofrer. Eu sei que sou desinteressante pois ninguém nunca quis ser meu amigo, apesar de eu nunca ter permitido alguém ser, pois sinto que não posso conviver com alguém que não me entende.
Não tenho ambições nem sonhos na vida. Tudo o que eu queria era ter um salário de classe média e assim viver uma vida comum e sem graça, que é o que alguém como eu merece.
Eu também não tenho muitos medos, talvez o unico seja de me tornar meu pai no futuro. Um velho viciado em pornografia que só sabe ficar reclamando de tudo e de todos, que prefere gastar dinheiro com bebida do que comprar comida para os seus filhos, uma pessoa totalmente ingrata e desagradável que tem coragem de humilhar minha mãe, que é a pessoa que mais ajuda ele, ficar chamando ela de empregada doméstica; isto eu nunca vou perdoar.
Quando estava no 8° ano lembro que as pessoas custumavam me zoar bastante, talvez possa ser considerado bullying. E teve um dia que minha irmã chegou e falou de uma brincadeira que o colega dela tava fazendo que era falando que eu era um retardado mental, e ela estava achando engraçado, tipo, ela era criança então acho que ela realmente não entendia. Quando eu ouvi isso dela eu comecei a chorar bastante, acho que era algo que eu já estava guardando dentro de mim por um longo tempo naquele ano. E sinto que comecei a me tornar uma pessoa horrível depois deste ano.
Ano passado tinha uma psicóloga atendendo na escola, eu pensei em ir lá, pois sinto que tenho alguns problemas; mas fiquei com vergonha e medo de que ela contasse para os meus pais, que é o que eu menos desejo nesse mundo.
Olhando a maneira como sou como pessoa, não posso ser considerado alguém bom. Eu me considero um baita de um perdedor e sinto que irei fracassar em tudo que tentar fazer, além de que não sou bondoso e nem me importo com a vida dos outros.
De um modo geral, eu realmente me odeio e penso seriamente em tirar a minha vida. Eu estou pensando em pelo menos esperar o fim do ano que vem, para ver se algo muda; mas no fundo eu sei que não vai. Eu acho que minha mãe vai sentir um pouco da minha falta e também vai se decepcionar um pouco, pois ela sempre teve bastante orgulho de mim por algum motivo que não entendo. Meus outros parentes não vão se importar muito, pois moram longe e nunca fui amigo ou próximo de algum deles.
submitted by Sumate_ to desabafos [link] [comments]


2020.10.23 18:48 Postador Sobre download de videos e fakes

Vocês estavam cada um fazendo sua chamada para o bot que gera links para download de videos. Um video de Emily Garcia tinha 11 destes quando eu comentei. A maioria dos comentários do post era isso. Isso atrapalha muito. Então fiz uma regra pro AutoMod colocar os links automaticamente e remover os chamados para os bots. Então o que vocês fazem? Passam a pedir os links para download sem usar os usernames dos bots ou digitando errado os usernames. Ou seja, os moderadores continuam tendo que limpar as besteiras de vocês. Um post de Ray Mattos tem 4 pedidos removidos pelo bot e 2 que tiveram que ser removidos manualmente. Apesar de ter a porra dos links como primeiro comentário! Se continuar assim vai ter ban para quem pedir link de download de qualquer forma!
Sobre fakes vou repetir aqui um comentário do outro post:
Tem gente reclamando dos bans, mas é que já tentamos não banir a anos atrás, o pessoal pegava qualquer fake e postava aqui, muitas vezes perguntando se era fake. E porque ninguém era banido a turma continuava postando, pois era uma forma fácil de saber se era fake ou de ganhar karma fácil. No máximo a gente removia o post, então o poster não tinha nenhuma razão para não postar. O sub rapidamente se encheu destes posts, mais de metade dos posts era isso. Rapidinho eu mudei a regra e passei a banir. Assim pelo menos essa turma não fica repetindo o erro e pensa duas vezes antes de postar.
E muitos postaram o fake mesmo depois de eu colocar este post no alto do sub. E com títulos como "será que é fake?". Ou seja, eles nem ligam para regras nem leem o topo do subreddit. Então merecem mesmo.

Quanto a gente reclamando que não sabia que era fake, você tem que entender que nossa prioridade é o grupo e isso as vezes significa ser injusto com alguém. Mas vocês precisam ter bom senso. Qualquer pessoa com mais de dois neurônios sabe que certas fontes tem bem mais fakes. Escolham bem suas fontes. Um disse que colocou no Google "Juliana Bonde nua" e pegou a primeira coisa que apareceu. Como ela nunca posou nua pegou um fake (diferente do postado um monte de vezes!) e postou aqui. Está na dúvida? Faça a busca reversa por imagem no Google, geralmente a imagem real vai aparecer. E usem o bom senso. Você não achou uma imagem de Angélica trepando de pernas abertas olhando para a camera, garanto que se isso um dia vazar vai estar em toda a imprensa, vai ser proibido postar aqui devido as regras do reddit e vai dar cadeia pela lei Carolina Dieckman. Alguém já postou isso achando que era real...

Não dá para abrir exceção para novatos, 300 a 400 pessoas se inscrevem no grupo por dia, se 10% postarem um fake, fakes vão ser a maioria do sub, como já disse isso já aconteceu. Então alguns verdadeiros inocentes vão ser banidos temporariamente para incentivá-los a ter bom senso e pensar duas vezes e para o sub não virar uma longa lista de fakes. Espera um tempo e volta a postar depois.

Agora tem gente dizendo que não uma imagem não é fake, que eles reverteram o filtro. Vou ver quanto eu lembro do que me ensinaram anos atrás para explicar porque isso não é possível. Toda imagem digital é que composta de pixels, cada pixel tem 3 valores de 0 a 255 que representam a quantidade de vermelho, verde e azul naquele ponto. Os filtros de programas gráficos fazem operações matemáticas com estes valores. Para reverter um filtro com perfeição é preciso que o processo seja determinístico, reversível e sem perdas e que o formato de gravação seja sem perdas. Determinístico significa que nenhum número aleatório foi adicionado. Alguns filtros sofisticados fazem isso, mas a maioria dos mais usados não faz, então vamos supor esta parte está ok. Reversível significa que a operação matemática pode ser revertida. Isso depende muito do filtro, mas os três caras que disseram que reverteram eram filtros de pixelização ou blur. Este filtros usam a média dos pontos, uma operação não reversível. Suponha que eu queira criar na imagem quadrados de 4x4 pixels para disfarçar algo. Simplificando, o programa pega os 4x4=16 pixels e tira a média deles. Não existe computador na face da terra capaz de saber quais são os números originais se ele tem apenas a média pois existe um número gigantesco de combinações possíveis. Por isso é impossível reverter esta operação de uma forma viável. Outro problema é que a média vai ser algo como 76.565 e tem que ser arredondada pois o formato de imagem só aceita números inteiros. Portanto fica impossível distinguir algo que dê resultado 76.013 de 76.456 e estas podem ser imagens bem diferentes. Por isso há uma perda de dados que é irrecuperável. Ai você grava num formato de imagem. Alguns como PNG e BMP preservam exatamente os valores iniciais. Mas geralmente se usa na Internet JPG, um formato com perdas. O que significa que a máquina pode transformar o número 76 do exemplo num número diferente para tornar o tamanho do arquivo menor. O processo usado para JPG é bem complexo, mas o que interessa é que ele é um processo com perdas. Dados da imagem original vão sumir.
Eu sei que vão citar o caso de reversão de filtro feito por uma polícia (não lembro qual) que revelou o rosto de um pedófilo. Neste caso ele usou um filtro twirl que quase não usa médias, ele usa basicamente deslocamento (um pixel de um ponto é transferido para outro ponto) para criar um efeito de redemoinho. Um processo bem mais fácil de reverter. Mesmo assim a polícia contou com a ajuda dos programadores da Adobe que criaram o filtro e levou semanas de trabalho de especialistas. Eles tiveram que usar muita tentativa e erro para achar os parâmetros usados no filtro, como qual area exatamente foi selecionada e quais as as opções que o cara usou no filtro. Depois usaram bom senso humano para escolher entre as opções possíveis achadas pelo computador qual a mais provável de ser um rosto humano. Mesmo assim terminaram com uma imagem deformada e meio "fora de foco" em alguns pontos.
"Mas eu tenho um filtro que reverte" já disse um. Não tem não, infelizmente a realidade não é o show CSI, cujas técnicas fotográficas já viraram meme exatamente por serem absurdas. Há filtros e técnicas que tentam adivinhar a imagem original a partir dos dados, mas usados por leigos em poucos minutos os resultados são horríveis. Os três casos que apareceram aqui eu sabia que era fake só de olhar a imagem, afinal alguém conhece mamilos com perfis triangulares ou aureolas quadradas? O filtro provavelmente escolheu a forma geométrica simples que mais se encaixava nos dados. Mas corpos humanos não são formas geométricas simples, a não ser na cabeça de Picasso. E mesmo que alguém escolha uma substituição melhor não quer dizer que seja real. No caso que começou isso, de Juliana Bonde, a discussão era se o mamilo era rosa. Todos os photoshops eram colagens, já que claramente não há meio de reverter a imagem pois era imagem sólida sobreposta. Mandaram várias versões, em todas o mamilo era rosa. Mas segundo comentários no post do video transparências em certas imagens já mostraram que não é rosa, é marrom. Este é problema do fake, aquilo não é a imagem daquela mulher, é uma imagem criada na cabeça de alguém, está mais para desenho que para fotografia.

Portanto vou continuar banindo quem posta fakes, incluindo quem "reverte" pixelizações e blurs.
submitted by Postador to CelebsBR [link] [comments]


2020.10.21 18:18 freddyjoker O Lado Ruim das Vitórias: A Derrocada da Era Crefisa

Olá amigos torcedores,
O post será longo, por isso vou quebrar em tópicos, para que possa pular as partes que não lhe interessarem:
1.Você não é o cara que defendia a permanência do Luxa? Tá feliz agora?? Não, obviamente não estou feliz, meu time perdeu quatro jogos consecutivos, coisa que não acontecia há vários anos. Mas ainda acho que demitir o Luxemburgo foi um erro. Entendam por favor uma coisa muito importante, que é essencial que os torcedores coloquem na cabeça, para que quem sabe um dia os dirigentes coloquem também: TROCAR O TÉCNICO NÃO RESOLVE NADA. Mais a respeito disso no texto a seguir.
2. Recapitulando a Era Crefisa:
2.1-2015: Em 2015 começou o que será conhecido para sempre como Era Crefisa. Uma parceria entre o clube e a marca, motivada por paixão dos dois lados, com o objetivo de recuperar um clube de imenso potencial que se encontrava enterrado numa vala de incompetência de vários anos.
Várias contratações, vários chapéus e, logo de cara, um título da Copa do Brasil. Todos nós comemoramos, nos emocionamos, começamos a pensar que estaríamos diante de uma nova era Parmalat, de super times e muitas taças. Mas deixam a nostalgia de lado e pensem com pragmatismo: aquele time jogava bem? NÃO! Ganhou aos trancos e barrancos e enganou a torcida e a direção que Marcelo Oliveira fazia um bom trabalho. Por causa disso, ele foi mantido na temporada seguinte, até se tornar insuportável continuar assistindo o show de horrores, que todos já conheciam. Aí está o primeiro erro: Deveríamos ter aproveitado a nova força do elenco e o título que acalmou os críticos e nos colocou em evidência para bolar um plano a longo prazo, escolher um técnico com as características que queríamos e montar o time em função dessa ideia.
2.2-2016: No ano seguinte, mudança de técnico: veio Cuca. Cuca era uma boa ideia, é um bom técnico, tem uma boa visão de futebol. Teria sido uma boa opção pra começar a temporada, ajudar a planejar as contratações, treinar na pré-temporada, mas o técnico deu sorte. O título de 2016 foi possivelmente o melhor dessa era, jogando um futebol legal, com um time bom. Cuca, infelizmente quis sair e, fomos forçados a recomeçar nosso projeto, coisas da vida.
2.3-2017: O escolhido para prosseguir foi Eduardo Batista. A escolha pode ser debatida, mas foi o caminho traçado pela diretoria. Porém, após apenas cinco meses, mais um erro amador: fomos tentar convencer Cuca a retornar. Aposto que muitos palmeirenses gostaram da ideia, tomados por nostalgia e memórias boas. Mas demos o primeiro sinal de que não sabemos o que estamos fazendo, contratamos um profissional sem ter confiança em seu trabalho e o demitimos na primeira oportunidade por razões sentimentais. Que entidade séria faz algo assim??
Por vários fatores, Cuca não durou nem seis meses no cargo e, mais uma vez, um recado para o mundo: O Palmeiras não respeita técnicos e não faz ideia do que está fazendo. Aproveitem essa pausa para refletir: O que mudou com a mudança de técnico? Já tivemos quatro mudanças e um título, vocês acham mesmo que esse título foi a regra ou a exceção?
2.4-2018: Continuando: Roger Machado. O próximo nome, a próxima aposta. Técnico jovem, perfil diferenciado, projeto a longo prazo, novas ideias. A propaganda foi a mesma... a mesma enganação. Na metade do ano, já estava demitido. A essa altura, no ápice do desespero e do amadorismo, fomos atrás de Felipão. Jogamos pro alto as ideias novas e o projeto. A diretoria queria alguém que pudesse aguentar as críticas da torcida e protegê-los delas, o presidente além de incompetente foi covarde.
Felipão, assim como Cuca, conseguiu dar algum jeito num time claramente superior à concorrência, com um elenco muito mais rico que os demais. Com isso, tivemos o título de 2018.
2.5-2019: As costas largas e o futebol resultadista conseguiram manter o bigode no cargo por mais de um ano, algo inédito nessa Era. Mas quando o resultados pararam de vir, ficou escancarada que a ideia de jogo não era bonita. Algo que já sabíamos. Mas novamente, precisávamos dar o recado: Não respeitamos técnicos e não sabemos o que estamos fazendo. Dessa vez, sobrou inclusive para Alexandre Mattos. Todos pagavam o pato, menos quem era realmente responsável, diretoria AMADORA e presidente COVARDE.
2.6-2020: Para 2020, mais ilusões, mais promessas, mais propagandas: Vamos atrás de Sampaoli. Mas advinha só, o argentino estava atento e viu o que aconteceu nos últimos anos. Técnicos desrespeitados, diretoria covarde e emocional, o elenco que antes carregava o piano, agora não tinha mais nível pra isso. Não ia ter dinheiro pra contratar, não ia ter estabilidade. Quem de vocês aceitaria trabalhar assim?? Ao ouvir o ÓBVIO não, a última amostra de amadorismo e covardia: Luxemburgo. Assim como 2018, dane-se o projeto, dane-se a mentalidade, a renovação. Nós da diretoria só queremos alguém que possa tomar bronca no nosso lugar, alguém que se tudo der errado, possamos apontar o dedo, mandar embora e dizer "é uma nova folha, uma nova oportunidade, um novo projeto" pela quinta vez.
3.Conclusões: Ganhamos títulos, então não pode estar tudo tão ruim... ESTÁ! E OS TÍTULOS ENGANARAM A TODOS! Todos os clubes sobem e descem a escada da relevância e do favoritismo quase aleatoriamente, porque são todos INCOMPETENTES e nunca sabemos quem vai ser o próximo menos incompetente da vez. Sabem porquê? Porque são geridos por torcedores! Alguém que usará sua paixão para motivar suas escolhas, automaticamente não está qualificado para tal escolha. Vocês acham que Paulo Nobre foi bem porque era mais palmeirense que os outros? NÃO! Paulo Nobre foi bem porque soube separar onde e quando deveria ser torcedor.
Agora vamos assistir o Flamengo aprender a lição em apenas um ano que não aprendemos em cinco: é necessário um projeto, é necessário ter paciência, é necessário SER PROFISSIONAL. Ver clubes como Internacional e Galo passar a nossa frente com menos dinheiro e menos relevância nacional, simplesmente porque foram minimamente competente. Estamos atrás DO SANTOS na tabela, o Santos afundado em dívidas, proibido de contratar, contando migalha pra pagar salários. Não é possível que vocês achem que o que estamos fazendo está certo.
4.Comparações com o Liverpool: Como é de praxe nos meus posts, mais um paralelo com o Liverpool: Eu sou torcedor dos Reds e acompanhei quase trinta anos de jejum por incompetência administrativa. Sabe como isso acabou? Um empresário americano comprou o clube e contratou profissionais para tomarem as decisões. Klopp foi contratado para um projeto, seu primeiro contrato foi de três anos. Ele perdeu jogo pra cacete, vários vices, várias humilhações, várias piadas, várias derrotas em clássicos. Mas isso não abalou a diretoria, porque eles não são torcedores, eles são gestores e o fracasso é aceitável quando se traça um caminho vencedor. Invés de queimar dinheiro com contratações, eles sentavam com a COMISSÃO TÉCNICA PERMANENTE (que incluía analistas de desempenho e o próprio Klopp) e analisavam o mercado. A diferença entre o vice de 2018 e o título de 2019 na Champions League forem apenas duas contratações (precisavam de um goleiro e um zagueiro e fizeram as contratações mais caras da história para trazer as melhores opções disponíveis nessas posições. Poderiam ter usado esse dinheiro para trazer dois ou três goleiros decentes e dois ou três zagueiros decentes, mas eles queriam jogadores para ser campeão!). O Liverpool foi o time grande da Europa que menos gastou com contração nos últimos anos. Do vice do Inglês de 2019 pro título de 2020, não teve NENHUMA mudança no time titular. Simplesmente eles se mantiveram firmes e competentes, só que os outros times continuaram circulando na roda da incompetência.
5.Mensagem aos torcedores: Como torcedor, eu vejo esses fatos e entendo. Vemos coisas assim no futebol a vida toda em todos os clubes. Mas como empresário e gestor, eu vejo essas coisas e passo mal. Uma entidade séria, com objetivos sérios... demite funcionários por razões sentimentais; não tem competência de traçar um plano de ação, com opções e alternativas; não consegue digerir críticas sem demitir todos os envolvidos para agradar um bando de conselheiros, que também são torcedores sentimentais que não tem capacidade ou competência para opinar em nada disso. Luxemburgo tinha que ficar, porque a diretoria e o presidente tinham que morrer com essa escolha, tinham que entender que usar treinador de escudo para críticas até ele não aguentar mais, só pra arranjar outro, é destruir nosso clube, nosso time, nosso respeito perante ao mundo e o mercado.
Agora Angel Ramirez também nos deu o óbvio NÃO. Disse, que não largaria o projeto atual dele no meio para embarcar na nossa bagunça, talvez na próxima temporada, dependendo de como estiverem as coisas. Nossa diretoria não esperava isso: ALGUÉM SENDO PROFISSIONAL. Um homem que mantém sua palavra e quer terminar o que começou e não se deixar levar pela ambição e emoção para entrar num possível furada? QUE ABSURDO!
6.Projeções para o futuro: Eu tinha medo da Leila como presidente, porque ela parecia "torcedora demais" e parecia não manjar nada de futebol. Mas honestamente, acho que com o poder de barganha dela (sem ela e sua empresa, não temos dinheiro pra nada) ela pode ser justamente o que precisamos: alguém pragmático, de costas largas, que não vai precisar contratar escudos; alguém que vai admitir que não entende suficiente de futebol para tomar decisões sobre o assunto e VAI CONTRATAR DIRETORES E ADMINISTRADORES PROFISSIONAIS. Que não vão agir com ação, emoção, sentimentalismo e nostalgia e perpetuar nossa participação nessa montanha russa de incompetência que é o futebol brasileiro.
NÃO IMPORTA os resultados, o desempenho em campo, nada disso é razão para demitir um técnico no meio da temporada. Existem vários outros fatores influenciando essas coisas além de UMA PESSOA. Quando os jogadores preguiçosos vão pagar o pato? Quando o presidente vai olhar em volta e falar 'melhor eu sair' ou no mínimo 'melhor eu pagar alguém que saiba o que está fazendo'? Esse elenco foi esculachado ano passado inteiro, mas esse ano a culpa é do Luxa. Essa diretoria foi esculachada por vários anos, mas agora a culpa é do Luxa. E o resultado disso? Os técnicos que poderiam dar jeito nisso não querem vir mais. Nós conseguimos solidificar a imagem de MOEDOR DE TÉCNICO.
7.FIM:Eu tenho pena do Luxemburgo, que entrou nessa barca furada porque estava desesperado para provar que ainda tinha o jeito, que ainda podia ser um dos melhores. Um homem que nos deu tanto, um ídolo do clube, disposto a ser usado de escudo para uma diretoria ridícula, sabendo que seria o primeiro a cair, mesmo não tendo nem metade da culpa pelas derrotas.
Argumentem o quanto quiserem de formação, escalação, jogadas ensaiadas, mas parem de se enganar achando que mudando só o técnico, essas coisas vão se acertar.

tldr: A diretoria troca de técnico para mascarar sua incompetência e nós estamos caindo nessa manobra porque eles deram sorte de levantar um ou outro caneco no caminho. Chega de ser complacente com amadorismo e covardia por parte dos gestores, chega de achar que o técnico é culpado de tudo. Chega de #ForaLuxa, cadê o #ForaGalliote??

submitted by freddyjoker to palmeiras [link] [comments]


2020.10.21 13:26 vicgregor1 Bullying, vingança e justiça

Ultimamente ando muito pensativo observando determinados grupos de pessoas e seus comportamentos, e tudo parece me lembrar um acontecido do meu próprio passado, não diretamente, mas em relação ao provável futuro disso. Ódio e raiva são sentimentos que dão impulsos poderosos, mas o que pouca gente parece entender é que eles também machucam a alma de muitas formas diferentes, e muitas vezes, de formas impossíveis de curar. Vou dar o TL;DR antes, assim fica o conselho pra quem não tiver tempo de ler: a justiça, por mais difícil que seja engolir sapo pra seguir esse caminho, é sempre melhor do que vingança. E nunca digam a seus filhos pra simplesmente reagirem se forem vítimas de bullying - além da chance de dar errado e a coisa ficar ainda pior, mesmo se der certo eles vão ficar na merda depois. Se tem um momento que ficou sempre marcado na minha alma foi quando eu me livrei do bullying, mas pelas razões completamente erradas. Eu sempre fui o nerd esquisito da sala, e sempre passei por maus bocados por isso na escola. Chega uma hora que você cansa. Um dia qualquer, um bullying qualquer, eu cansei. E sem pensar nem mesmo que o tiro podia sair pela culatra e eu ser realmente tão fraco quanto parecia - o que provavelmente tornaria as coisas ainda piores - eu fui tomado pela raiva e revidei. Bati e bati com força, a ponto de deixar o meu rival sangrando. Eu tinha vencido, e me senti fantástico de não ter mais que aturar aquilo todo dia. Mas essa sensação só durou uns três segundos. Depois, eu me senti um lixo, porque apesar de tudo, ele tinha vencido, eu tive que jogar o jogo dele pra vencer. É por isso que falam que vingança é um prato que se come frio: você tem que se tornar um equivalente daquilo que quer bater com ela. Eu nunca mais fui vítima de bullying. Meu rival passou a sempre me evitar, com medo de mim. O tempo passou, e anos depois ele começou a ter problemas que prefiro não expor. Eu decidi que era a hora de consertar as coisas e trazer paz de volta a minha alma, e estendi a mão a ele, e nos tornamos até amigos depois disso, mas foi difícil quebrar o ciclo de ódio que se passava dentro da minha cabeça no começo. E é disso que se trata a justiça. Não é sobre pagar na mesma moeda, é sobre transcender. É sobre dar tempo pra pensar nos erros e dar uma nova chance. E é exatamente por isso é tão difícil. Mas é a única forma de resolver todos os conflitos em que todo mundo sai em paz de espírito.
submitted by vicgregor1 to desabafos [link] [comments]


2020.10.19 18:53 Irkallaa Tudo oque eu faço é constrangedor

Olá jovens, esses dias eu estava em call com a minha amiga e eu disse algo o qual eu me arrependo, não foi nada ofensivo ou coisa do tipo mas na minha cabeça soou extremamente constrangedor por ser eu quem estava falando aquilo, depois desse dia eu parei pra pensar e na verdade esse tipo de coisa é bem recorrente na minha vida, eu acho tudo constrangedor e isso é um problema, é incrível como tudo parece ser vergonhoso desde gostar de coisas específicas até andar na rua. Mesmo estando sozinha fazendo coisas que eu gosto as vezes eu penso, se alguém estivesse me observando agora seria constrangedor é melhor eu parar. Eu costumava assistir animes na TV da minha sala até meu pai dizer que as coisas que eu assisto são bestas e eu fiquei pensando, "nossa será que tal pessoa sente-se constrangida quando eu assisto tal anime", e esse também é o motivo do porque eu odeio Ecchi e fanservice, de repente os seios da personagem pulam na tela e eu fico "meu deus oque as pessoas vão pensar de mim assistindo isso, seria mais vergonhoso se eu soubesse", ou quando minha irmã pede pra mim dançar com ela, é um saco porque eu tenho noção de que eu não sei dançar e que quem olha de fora sente vergonha alheia de mim, eu sinto vergonha alheia de mim.
Eu odeio qualquer tipo de situação que possa me fazer passar por algo constrangedor, evito a todo o custo ter qualquer tipo de mico e não é um evitar comum, eu sinto que eu vou morrer se acontecer é uma desgraça, eu não mando fotos zoadas nem pra minha melhor amiga que me manda toda a hora, tenho uma vergonha absurda de fazer caretas ou qualquer coisa assim e as vezes fico incomodada até de rir de coisas específicas. Eu gosto muito de cosplay, adoro gravar vídeos toda montada mas eu sou quase uma noiva escolhendo o seu vestido de casamento quando se trata de escolher um personagem pra cosplay, só garotas que não tem muitas expressões que só ficam de cara fechada ou entediadas porque interpretar personagens que fazem qualquer outra expressão mais "agressiva" seria constrangedor, eu também não gosto muito da ideia de usar um cosplay que não tampa as minhas pernas porque eu tenho as famigeradas sobras que é quando alguém emagrece muito daí fica aquelas sobras, esse é um dos motivos de eu odiar minhas coxas, só agora que eu estou pensando em fazer personagens que não usam só calça ou saias longas porcausa da Nami de one piece, pelo menos é uma "evolução" eu diria. As vezes até comentar em posts é constrangedor mesmo eu estando anônima, penso em fazer uma piada mas desisto porque se a autora entender errado poderia ser vergonhoso.
É isso, já até cheguei a pesquisar se existe fobia de constrangimento porque mds do céu kkkkkkkkkk, mas enfim, perdão pelo português como sempre porque eu desaprendi a escrever na quarentena, parabéns para mim.
submitted by Irkallaa to desabafos [link] [comments]


2020.10.18 01:38 isabell75 Amizades antigas e tragédias

Sabe aquela pessoa que você cria um laço de carinho muito forte à ela? Então eu e minha irmã mais velha conhecemos duas pessoas em um aplicativo para jogar jogos on-line,e a gente sempre pensava que garotos só pensam naquelas coisas (se é que me entende),e realmente a maioria é assim! mas graças à Deus esses garotos não tinham interesse nesse tipo de coisa. Então ficamos amigos e criamos um laço de amizade muito forte,e geralmente quando isso acontece os garotos pedem o seu número pra ser mais que amigos,mas para a nossa sorte(ou azar,não sei dizer)eles não pediram e aí ficamos conversando pelo Discord,sabe trocando idéias e pedindo conselhos. Minha irmã ficou muito constrangida no começo,porque ela é meio tímida e também pelo fato de ela não ter muitas amizades no colégio,ao nosso redor parece que só existem "amigos" que pedem nossa ajuda pra alguma coisa e quando você pede,eles simplesmente te negam.
No Discord nós conversávamos sobre jogos eletrônicos(no geral era Minecraft),cifras,dia-a-dia,dicas sobre qualquer coisa,etc.
Eu e minha irmã ficamos esperando o óbvio acontecer,você sabe! O famoso "Querem namorar conosco?"(no nosso caso),mas glória à Deus isso não aconteceu,ficamos só na amizade mesmo.
Os dias se passaram e aí uma coisa triste aconteceu,recebemos a notícia de que seus parentes haviam falecido,uma coincidência terrível!E quando nos contaram isso fizemos uma ligação de vídeo imediatamente,para poder consola-los. Ficamos com medo de que acontecesse o pior,o que Deus não permitiu.
Desde então nós sempre conversamos,e eles nos disseram uma verdade:
"Os verdadeiros amigos são aqueles que te dão atenção e amor nos piores momentos"
Eu concordo plenamente com isso! Pessoas que são os seus "amigos" não te dão um mínimo carinho,essas pessoas na verdade vêem uma coisa que interessa à elas e geralmente essa coisa esta em você,pode ser uma qualidade ou algo benéfico,ou seja,elas pensam assim: "Eu em como o banquete,vocês as migalhas".
Na minha humildade opinião esse tipo de pessoa deveria falecer(desculpe se fui insensível ao seu ponto de vista,mas é isso que acontece.)!
Certo,agora de volta aos nossos amigos!
Eles ficaram bem tristes com o ocorrido,então eu e minha irmã tivemos uma ótima idéia!
Nós fizemos um vídeo dizendo"nós sempre seríamos amigos,não importa o que aconteça!" e outras coisas para deixá-los alegres.
Agora que temos confiança uns com os outros eu e minha irmã disponibilizamos nossos números pra gente ter uma amizade mais sólida.
Aí você pensa:" Então vocês estão namorando?" E a resposta é não! Eles não são gays! Eles só não namoram ainda,acho que esse tipo de coisa nem passa pela cabeça deles. Nós não passamos de amigos
E desde então nós somos verdadeiros amigos! E eu e minha irmã guardamos eles no nosso coração.
Você sente que eles não vão te trair(obs:não pense com a idéia errada) e realmente isso acontece,mas para a nossa sorte isso não aconteceu.
Nós sempre devemos ser gratos à tudo o que Deus nos deu e devemos lutar pelos nossos sonhos e objetivos!
Então se vocês(estou me referindo aos meus amigos) estiverem lendo isso(o que provavelmente vai acontecer porque eu compartilharei isso à vocês) eu quero dizer que somos realmente gratas por terem vocês como nossos amigos,e que vocês sempre estarão em nossos corações!!
Com amor sem fim Isa Bell e Nicole Bell.
Nos desculpe se o nosso foi grande e entedioso,é que queríamos realmente agradecer do fundo de nossos corações.
Agradecemos por serem nossos amigos à Rayan e kennyth_uchiha(usertag da Omlet Arcade).
submitted by isabell75 to u/isabell75 [link] [comments]


2020.10.16 04:55 TheOsirys É normal se sentir mau matando animais no RDR2?

Primeiro eu sei que isso não é nada sério, afinal, na vida real eu sou totalmente apaixonado por animais e jamais teria coragem de fazer tal atrocidade, mas isso é só uma coisa que eu queria falar e provavelmente apenas jogadores de RDR2 vão entender, mais enfim. Depois do início do game quando nós podemos explorar o vasto mundo que ele tem, eu comecei a "Caçar" exatamente todos o animais que eu encontrava no caminho, esfolava e vendia todas as peles que conseguia, mais depois de um tempo ao decorrer do jogo, me deparei com uma NPC perguntando pro meu personagem o que ele anda fazendo ultimamente, e dentre várias respostas ele falou: "[...]Também ando matando animais sem motivo" depois que ele disse isso eu comecei a realmente pensar como eu sou tão cruel com os animais do jogo, depois disso eu parei de Matar todo animal que eu via na frente, mais recentemente eu tava andando por um lado e eu vi uma tartaruga linda e gigante que passou perto de mim e juro que eu fiquei admirando a beleza dessa tartaruga, mais mais em como em todos os animais, nos temos a opção de matar eles, e juro, eu fui ver essa opção na tartaruga e me arrependi amargamente, juro que eu tô me sentindo mal por isso até agora que eu tô escrevendo isso kkkkkkk. mais eai? Se vc leu até aqui me diz o que vc acha disso kkkkkkk😂😢😢
submitted by TheOsirys to desabafos [link] [comments]